Bom Jardim da Serra

Bom Jardim da Serra prioriza atenção às agroindústrias familiares

Bom-Jardim-da-Serra

Por Oneris Lopes

De olho em nove agroindústrias que pleiteiam sair da clandestinidade, a equipe de inspeção sanitária de Bom Jardim da Serra buscou esta semana, apoio do Consórcio de Meio Ambiente e Atenção aos Produtos de Origem Agropecuária (Cisama), órgão vinculado à Associação de Municípios (Amures). A meta é implantar em curto prazo, o Serviço de Inspeção Sanitária Municipal (Sim), para dar reconhecimento legal aos produtos das agroindústrias.

Pelo que informou o prefeito de Bom Jardim da Serra e presidente da Amures, Edelvânio Topanoti, milhares de visitantes passam pelo município todo mês e se constituem numa grande oportunidade econômica. “São pessoas que se deslocam para a Serra do Rio do Rastro e para o Mirante e passam o dia no município. Outros vão conhecer os parques eólicos e todos são consumidores em grande potencial” exemplificou o prefeito.

Diante dessa constatação Edelvânio determinou à secretária de Planejamento, Karine Marcelino Machado e para a Secretária de Agricultura, Alessandra Ascari prioridade na implantação do serviço de inspeção. O trabalho será realizado em conjunto com a médica veterinária Mariana Borão que fará a inspeção dos produtos de origem animal e do técnico Josemar Damaceno que cuidará da inspeção vegetal. Ainda integra a equipe, a agente da Vigilância Sanitária, Mariana Pacheco.

A orientação à equipe de Bom Jardim da Serra está sendo feita pela veterinária do Cisama, Lúcia Padilha Ide. Dentre as agroindústrias que requereram adequação constam queijarias e unidades de produção de frescal, mel e doce de maçã.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close