Política

Bananicultores reivindicam barreiras à importação do Equador

Bananicultores

Assessoria de Imprensa – Deputado Federal Valdir Colatto para Agência São Joaquim Online

A importação de banana do Equador está de volta à pauta no Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Na manhã da última quarta-feira (26), deputados e representantes dos produtores de banana estiveram em audiência com o Ministro Neri Geller para tratar da Instrução Normativa (IN) nº 3, de 20 de março de 2014, que possibilita a importação de banana do Equador.

A portaria, assinada pelo secretário de Defesa Agropecuária do MAPA, estabelece requisitos fitossanitários para a importação de bananas equatorianas. De acordo com o deputado federal Valdir Colatto (PMDB-SC), “essa importação vai, comprovadamente, trazer pragas para o Brasil. Os bananicultores tem um relatório técnico que apontou a presença de insetos, fungos e bactérias, todas pragas quarentenárias, nas bananas do Equador. Não podemos admitir que essas pragas entrem no nosso país” enfatizou o deputado Colatto.

Além da questão fitossanitária, os deputados destacaram a importância econômica e social envolvidas. O Brasil é o terceiro maior produtor de banana do mundo e o produto tem grande importância econômica e social, especialmente porque 97% da produção provêm da agricultura familiar. “Somente em Santa Catarina, temos mais de 25 mil produtores, sendo que 5 mil tem na bananicultura sua principal fonte de renda”, acrescentou o deputado catarinense.

Também participaram da audiência os deputados federais Nelson Marquezelli (PTB-SP), Junji Abe (PSD-SP), Humberto Souto (PPS-MG), Mauro Mariani (PMDB-SC) e Luiz Carlos Heinze (PP-RS). Os produtores estiveram representados pelo presidente da Associação Central dos Fruticultores do Norte de Minas (Abanorte) Jorge Luis de Sousa; presidente da Associação dos Bananicultores do Vale do Ribeira (Abavar), Agnaldo José de Oliveira; secretário de Estratégia rurais da prefeitura de Garuva/RS, Aroldo Acordi; presidente da Confederação Nacional da Bananicultura (Conaban), Dirceu Colares Moreira; e pelo presidente do Sindicato Rural do Vale do Ribeira, Jefferson Magario.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close