Geral

Vereadores rejeitam repasse para a Vindima em São Joaquim – Superfaturado diz Câmara

Câmara de Vereadores São Joaquim

Da Redação São Joaquim Online com informações da Câmara de Vereadores de São Joaquim

 

Vereadores dizem não! 

 

Pela lei servidor público não pode receber recursos do município” (Diomar Antunes)

Devemos primeiro fazer o dever de casa para depois pensarmos em festa” (Guinho Biolo)

Nossos agricultores começaram a colher em ponta de pedra e estão terminando a colheita em ponta de pedra.” (Olavo Costa)

Tem que haver regras, este troço está superfaturado.” (Túlio Mattos)

Na justificativa do projeto consta: Voltado para o público alvo de ‘alto poder aquisitivo’…” (Maurício Yamashiro)

 

A Câmara de Vereadores de São Joaquim rejeitou na tarde desta quinta-feira (10) por 05 votos a 03 o pedido do poder executivo do repasse de R$ 18.000,00 como contrapartida para o Vindima [evento de degustação de vinhos da Acavitis] que ocorre neste final de semana em São Joaquim.

Caroline Pereira rainha da Vindima foi pessoalmente até a sala de sessões da Câmara
Caroline Pereira rainha da Vindima foi pessoalmente até a sala de sessões da Câmara

A Câmara encontrou diversas falhas no Projeto como controversas nos valores do pedido, em uma folha pedia o valor de R$ 17.839,00 já em outra pedia o montante exato de R$ 18.000,00.

Outra falha apresentada pelo parecer da comissões foi de que alguns artistas contratados eram servidores públicos e que é totalmente ilegal o repasse de recursos da prefeitura para seus próprios servidores.

O Salão paroquial foi explanado pela Câmara como outro fato que impossibilitou a aprovação do pedido, pois o Salão não possui negativas de débito, não possui CND, não tem alvará de funcionamento, não e nem sequer autorização do Corpo de Bombeiro para que possa funcionar. Sendo assim a Câmara denotou como uma ilegalidade o repasse de dinheiro público para um evento que ocorre em um local que não está apto para receber o público.

Os vereadores ainda declararam que os valores do projeto estavam superfaturado e que havia coisas mais importantes como uma ambulância do SAMU que está quebrada desde janeiro necessitando o valor de 20 mil para o conserto e também o repasse para os alunos que precisam de faculdade.

Nem mesmo a presença do Prefeito Humberto Brighenti, da Rainha da Vindima Caroline Pereira e da Secretária Regional Solange Pagani foram o suficiente para convencer os vereadores minutos antes da sessão.

 Veja o que disseram os Vereadores que rejeitaram o repasse:





Veja os valores apresentados à Câmara de Vereadores de São Joaquim:

orçamento (1)

orçamento (2)

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close