Variedades

Conheça a história dos gêmeos siameses indianos que não querem ser separados

Por HypeScience

 

Gêmeos

Shivanath Sahu e seu irmão gêmeo, Shivram, estão ligados um ao outro, e é assim que eles querem ficar. Os dois meninos de 12 anos nasceram unidos pela cintura. Eles compartilham as duas pernas e quatro braços e acredita-se que tenham também o mesmo estômago, embora tenham pulmões, corações e cérebros independentes.

 

Ainda que a maior parte das cirurgias de separação de gêmeos siameses seja realizada em bebês de até um ano de idade e somente sob circunstâncias ideais, alguns médicos acreditam que os garotos poderiam passar pelo procedimento com segurança. Porém, os dois estão determinados a ficar juntos. “Não queremos ser separados”, afirmou Shivram em entrevista à uma rede de televisão britânica.

 

“Vamos ficar assim mesmo até quando envelhecermos. Queremos viver como nós somos”.

 

10 casos de gêmeos siameses que marcaram a história.

 

Casos de gêmeos siameses ocorrem em cerca de um em cada 200 mil gestações. A taxa de sobrevivência é de 25%. Ainda não é possível separá-los caso dividam o coração, e a cirurgia é extremamente delicada quando o cérebro é compartilhado.
Conjoined-twins-Shivnath-and-Shivram-3397064.
Apesar de deficiências graves, Shivanath e Shivram conseguiram vencer as adversidades. Os pequenos indianos têm uma vida o mais normal possível, explorando o trabalho em equipe para tomar banho, vestir e pentear o cabelo um do outro. Eles também conseguem se virar muito bem em sua pequena aldeia na Índia central. “Nós aprendemos tudo sozinhos. Nós vamos para a escola de bicicleta, e jogar críquete não é um problema”, conta Shivanath.

 

A incrível história das gêmeas siamesas que podem dividir pensamentos

 

Seu pai, Raj Kumar, que não quer separá-los, diz que eles também são excelentes alunos. Ele acredita que, apesar de todo o otimismo, a vida mostra muitos desafios aos seus filhos. “Na época das chuvas, fica difícil para eles andarem e quando um quer se sentar, o outro tem que se deitar”, explica, acrescentando que, apesar disso, os meninos não brigam e têm opiniões semelhantes.
o-CONJOINED-TWINS-facebook

 

Krishan Chugh, pediatra do Instituto de Pesquisa Fortis, em Gurgaon, na Índia, analisou fotos dos gêmeos. De acordo com o médico, enquanto a separação é possível, as pernas provavelmente ficariam com Shivram, enquanto Shivanath ficaria paraplégico. Chugh entende por que os gêmeos e seu pai podem não querer esta realidade, mas acha que as coisas podem mudar quando Shivanath e Shivram ficarem mais velhos e buscarem sua individualidade.

 

Cientista brasileira descobre verdade por trás da “Cidade dos gêmeos”

 

 

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close