Vinho

Sanjo tem três rótulos premiados no 7º Concurso Internacional de Vinhos do Brasil

SanjoA vinícola catarinense Sanjo foi destaque no 7º Concurso Internacional de Vinhos do Brasil, o maior evento do gênero na América Latina, realizado no mês de abril no Hotel & SPA do Vinho, em Bento Gonçalves na Serra Gaúcha.

 

Ao todo foram três rótulos da Sanjo premiados entre as 709 amostras de 18 países inscritas na competição, valorizando o autêntico terroir dos Vinhos de Altitude Catarinense em meio aos representantes de vinícolas de todos os continentes.

 

O espumante Maestrale Rosé Brut 2008 recebeu a medalha de Ouro, enquanto o espumante Nobrese Moscatel e o vinho tinto licoroso Núbio Vivaro foram outorgados com medalhas de Prata, por um júri formado por 66 degustadores de 11 diferentes países.

 

O Maestrale Rosé Brut é um vinho espumante elaborado a partir de um corte de uvas Chardonnay, Merlot e Cabernet Sauvignon, que revela toda a complexidade e sofisticação desenvolvidas ao longo dos 20 meses em que o vinho permaneceu nas caves em contato com as leveduras no interior da garrafa.

 

Já o Nobrese Moscatel é um vinho espumante aromático mais leve e de sabor adocicado. Produzido pelo método Asti, o vinho apresenta um menor teor alcoólico com aromas de frutas como pêssego, pera e maçã, além de florais como jasmim e rosa, agradando especialmente o público feminino.

 

O também premiado Núbio Vivaro é um vinho licoroso doce, produzido com uvas Cabernet Sauvignon passificadas no próprio vinhedo, durante o rigoroso inverno da Serra Catarinense – ideal para servir com aperitivos e sobremesas.

 

O Concurso Internacional de Vinhos do Brasil é promovido pela Associação Brasileira  de Enologia (ABE), sendo o único evento no país chancelado pela Organização Internacional da Uva e do Vinho (OIV) e a União Internacional de Enólogos (UIOE).

 

Fundada em 1993, a Sanjo Cooperativa Agrícola de São Joaquim (SC) é uma das cinco maiores produtoras de maçãs do Brasil. A partir de 2002, a empresa passou a investir na produção de vinhos finos de altitude, utilizando-se dos mesmos processos de qualidade e tecnologia que integram os valores essenciais de sua fruticultura.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close