Manchete

Edelvânio Topanoti defende pauta municipalista em Brasília

MarchaPor Oneris Lopes

O presidente da Amures prefeito de Bom Jardim da Serra, Edelvânio Nunes Topanoti atendeu o chamado da Confederação Nacional de Municípios (CNM) e participa em Brasília esta semana, da XVII Marcha em Defesa dos Municípios.Ele representa os 18 prefeitos da Serra Catarinense integrando um grupo estimado pelos organizadores, em cinco mil participantes de todo Brasil, entre prefeitos, vices, vereadores, secretários municipais e gestores públicos.

 
O destaque da pauta municipalista deste ano é o aumento de 2% no Fundo de Participação dos Municípios (FPM). “Defendemos também a apreciação da nova Lei dos Royalties pelo Supremo Tribunal Federal e a mudanças na Lei do Imposto Sobre Serviços (ISS) para melhorar a arrecadação dos municípios”, comentou Edelvânio Topanoti.Junto com prefeitos de todo País, ele é favorável a desonerações de impostos não impactem negativamente as finanças municipais. Apesar da extensa pauta da Marcha em Defesa dos Municípios, o presidente da Amures vai manter contatos com deputados membros da Bancada Parlamentar Catarinense para acompanhar o andamento de projetos de interesses dos municípios.

 
O encontro nacional de prefeitos acontece pela primeira vez no Centro Internacional de Convenções do Brasil. Na tarde desta terça-feira, o presidente da Amures participou de plenária da CNM junto com presidentes das federações de todo Brasil para discutir as estratégias de pressão que as associações de municípios e federações a dotação junto aos deputados, senadores e governo federal para que as reivindicações sejam atendidas.

 
A presidente da República Dilma Rousseff e alguns ministros devem participar do evento nesta terça-feira para dar um posicionamento em relação às reivindicações municipalistas. A presença da presidente é uma das marcas do encontro que já rendeu grandes conquistas aos prefeitos. Como o anúncio ano passado, de restroescavadeiras, patrolas e caminhões caçamba que acabaram de ser entregues aos municípios.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close