Serra Catarinense

A dois meses do início da Série B, capacidade do Vidal Ramos Júnior sobe para 7640 torcedores

Estadio Vidal Ramos JuniorPor Impresa Inter Lages

A casa do Internacional de Lages ficará maior para a disputa da Série B do Campeonato Catarinense. Com a aprovação do Corpo de Bombeiros, o Estádio Vidal Ramos Júnior já tem, oficialmente, capacidade para receber 7.640 torcedores.

Até o início da competição, marcado para 20 de julho, ainda é possível que uma nova medição amplie a capacidade do estádio novamente. A informação sobre o aumento da capacidade foi confirmada por Anna Toscan, diretora da Fundação Municipal de Esportes, órgão da prefeitura que administra o estádio.

Depois da interdição da arquibancada onde no passado ficavam as cabines de rádio, ocorrida em 2009, o “Tio Vida”, como é carinhosamente chamado pela torcida colorada, teve sua capacidade reduzida paulatinamente. No ano passado, o Inter disputou a divisão de acesso (atual Série C) do estadual com o limite de 5,6 mil torcedores.

Na final da divisão de acesso, contra o Blumenau, a limitação fez com que o Inter vendesse todos os ingressos para a partida – e um número estimado em 1,5 mil torcedores ficasse do lado de fora do estádio. A nova mensuração, ratificada pelas autoridades, não vai comprometer a segurança dos torcedores.Inaugurado em 7 de setembro de 1954, o Vidal Ramos Júnior foi ampliado ao longo das décadas, mas sua capacidade caiu a partir do início dos anos 2000 por causa da adoção de novos critérios de medição das arquibancadas.

Extraoficialmente, o estádio já recebeu públicos de até 12 mil torcedores. Dois desses jogos foram decisivos para o Inter: as finais da Taça Santa Catarina contra o Araranguá, em 1992, e a da segunda divisão do estadual, em 2000, contra o Joaçaba. Nesse jogo, o empate por 1 a 1 levou o Colorado Lageano de volta à elite do Catarinense. Oficialmente, o maior público do estádio foi registrado em 1971, em um amistoso contra o Inter de Porto Alegre. O público do jogo foi de 10 mil pessoas.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close