Variedades

Cientistas embebedam peixes para estudar efeitos do álcool no convívio social

peixe

Jéssica Maes para Agência São Joaquim Online

Já existiam testes provando que quando um peixe fica embriagado, ele nada mais rápido do que o habitual. Porém, o que acontece quando ele é jogado em um tanque com peixes sóbrios?

Um estudo da Universidade da Nova York (EUA) fez exatamente isto e descobriu que não apenas o peixe bêbado nada ainda mais rápido do que quando está sozinho, como todo a cardume se acelera. Os peixes sóbrios podem alcançar a velocidade do nadador bêbado e competir pela liderança.

“Esses resultados foram muito surpreendentes”, disse o pesquisador Maurizio Porfiri, que liderou o estudo com os peixes-zebra. “É claro que os peixes não tratados [sóbrios] estavam combinando sua velocidade de natação a dos peixes expostos ao álcool e essa correlação foi especialmente forte em um nível intermediário de exposição ao álcool. Em níveis muito altos ou baixos, a influência diminui”. Especialmente no caso das altas concentrações de álcool, os peixes muito bêbados ficam lentos e têm dificuldade para manter-se junto do resto do cardume.

Mas o que significa tudo isso? Por que motivo os cientistas estão deixando os pobres peixinhos para lá de Bagdá?

O que o estudo mostra é que, ao menos no caso do peixe-zebra, os efeitos do álcool são diferentes em um indivíduo solitário versus um ambiente social, e que o comportamento embriagado de um único indivíduo pode afetar todo o grupo.

Isso interessa aos pesquisadores que estudam o alcoolismo e a sociabilidade. Os resultados também mostram como, nesta espécie, um comportamento desinibido e agressivo pode assemelhar-se a liderança. Acredita-se que o indivíduo nada mais rapidamente quando está perto de seus companheiros de cardume em parte porque tem mais interesse em interagir com eles – da mesma forma que alguns drinks podem “libertar” um ser humano tímido. [Popular ScienceNew York University]

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close