Serra Catarinense

Prefeitos da Amures abrem caminho para o Plano de Resíduos Sólidos da região

Amures

Por Oneris Lopes

Os prefeitos da Amures conheceram nesta terça-feira (10), em assembleia realizada no auditório da associação os encaminhamentos que estão dados para implantação de Plano Intermunicipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos da Serra Catarinense. O professor do curso de Engenharia Ambiental da Udesc/Lages Everton Skoronski apresentou as cinco etapas que estão sendo realizadas e que tornarão a região modelo em destinação de resíduos sólidos para o Brasil.

 

Pelo que foi apresentado aos prefeitos, o primeiro passo foi o Plano de Mobilização em que uma equipe percorreu os 17 municípios cobertos pelo projeto. Depois o diagnóstico dos resíduos sólidos em que foram realizadas 17 audiências municipais e uma intermunicipal, que aconteceu na tarde desta terça-feira, no auditório do Curso de Engenharia Ambiental com participação de quase 200 pessoas de todos os municípios. “O lixo é gerado por todos, logo é responsabilidade de todos nós a solução. E em parceria com a universidade tenho certeza que encontraremos o melhor caminho”, defendeu o presidente da Amures, prefeito de Bom Jardim da Serra Edelvânio Topanoti.

 

Pelo que explicou o vice-presidente do Consórcio Serra Catarinense (Cisama), prefeito de Campo Belo do Sul Edilson José de Souza, a solução compartilhada dos problemas de resíduos sólidos é o melhor caminho. “Os municípios não têm condições de resolver estes problemas sozinhos e a solução neste caso, tem de vir com esforço conjunto”, disse Edilson de Souza.

 

No dia 2 de julho iniciam as audiências regionais do Plano de Ação e até início de agosto o Plano de Resíduos Sólidos dos municípios deve estar aprovado. De acordo com diretor-executivo do Cisama Selênio Sartori, o Plano de Ação depende exclusivamente de decisão dos prefeitos. “Será o marco de uma ação que resolverá efetivamente o problema dos resíduos sólidos, numa perspectiva de geração de emprego e renda, aproveitamento dos resíduos, conscientização ambiental e sustentabilidade’, afirmou Selênio Sartori.

 

Nalú continua no Consórcio de Saúde

 

Os prefeitos deliberaram também, sobre possíveis mudanças no Consórcio de Saúde e chegaram a um consenso de que a coordenadora Nalú Terezinha Júlio continuará à frente da entidade. Ela havia redigido uma carta de exoneração, mas os prefeitos pediram para que permanecesse no consórcio e prevaleceu o entendimento.

 

Também foi submetido à votação da assembleia de prefeitos a realização da Copa Amures de Futsal e aprovada por unanimidade. O evento iniciará por Correia Pinto, com data prevista inicialmente para 28 de junho. Nos próximos dias será realizado um congresso técnico com os coordenadores de esportes dos 18 municípios para definir regulamento, sorteio de jogos detalhes do evento.

 

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close