PolíciaPolícia Militar AmbientalSerra Catarinense

Polícia Militar Ambiental flagra corte de mais de 200 araucárias na Serra Catarinense

Araucárias(01)

Por Flavia Mota

O corte estava sendo feito na localidade de Vila Santa Catarina, interior do município de São José do Cerrito.

 

AraucáriasPor meio de denúncias a Polícia Ambiental chegou até o local na quinta-feira (12), onde flagrou mais de duzentas árvores da espécie nativa pinheiro brasileiro cortas e prontas para serem transportadas. Além das araucárias outras espécies nativas, como gabiroba, canela, mamica-de-cadela, bugre e aroeira-branca também foram atingidas, ou pela quedas das árvores maiores ou pela ação humana de corte para poderem chegar ao pé dos pinheiros brasileiro e facilitar o seu abate

 

Durante a vistoria na área impactada pelo corte seletivo das árvores nativas, foram encontradas na área de transbordo 4,71m³ (quatro vírgula setenta e um metros cúbicos) de madeiras em toras, e no interior da vegetação 45,80 m³ (quarenta e cinco vírgula oitenta metros cúbicos) de madeiras em toras, todas da espécie pinheiro brasileiro as quais foram apreendidas pelos policiais.

 

O proprietário da área, o qual não teve a identidade revelada, foi autuado e deve responder criminalmente. A Polícia Ambiental vai realizar mais diligências para esclarecer o corte das 200 toras de araucárias.

Imagens: PMA/Lages

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close