Geral

Asfalto com tecnologia avançada está sendo testado na SC-114 entre São Joaquim e Painel

Asfalto SC 114

 

Por Nina Velho

A SC-114, no trecho em obras pelo Governo do Estado entre os municípios de São Joaquim e Painel, na Serra Catarinense, poderá ser a primeira rodovia catarinense a receber a nova geração de asfalto altamente modificado. O trecho experimental, com extensão de 700 metros, foi executado no final da última semana, alguns quilômetros após o trevo de entrada para Urupema, em Painel.
Segundo os engenheiros do consórcio de empresas responsável pela reconstrução da SC-114, o objetivo do experimento é verificar a eficiência do novo asfalto nas condições de tráfego e clima da região. O trecho será monitorado por um período entre 30 e 40 dias. Caso os resultados sejam favoráveis, a tecnologia será utilizada na pavimentação da Rodovia.
O asfalto altamente modificado, obtido por meio de mistura de polímeros especiais, já é utilizado em algumas rodovias brasileiras. A tecnologia resulta em pavimentos com espessura menor e com melhor desempenho em relação às estruturas convencionais. Pelo fato de reduzir a deformação permanente, a formação de trincas e os danos causados por envelhecimento e fatores ambientais extremos, o novo asfalto diminui os custos de manutenção, aumentando assim a vida útil dos pavimentos.
A revitalização da SC-114, no segmento de 55,1 Km entre os municípios de São Joaquim e Painel, conta com investimento de R$ 55,7 milhões do Governo do Estado. A obra iniciou em setembro de 201. Atualmente, a empresa contratada realiza serviços de drenagem e terraplanagem para readequação de curvas e implantação de terceira faixa. A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional – SDR São Joaquim e o Departamento Estadual de Infraestrutura – DEINFRA fazem o acompanhamento e a fiscalização da obra.
Utilizada para o escoamento de mais de 80% da safra da maçã e outros produtos agropecuários, a Rodovia é a principal ligação de São Joaquim com Lages, que é polo comercial e industrial da Serra Catarinense. “A reabilitação vai garantir mais segurança aos usuários”, destacou a secretária Regional, Solange Scortegagna Pagani.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close