Saúde

28 de Julho Dia de Combate as Hepatites Virais

vacina2

Por Edilacelba Aparecida da Silva Carbonar

 

A partir de iniciativa e propostas brasileiras, a Organização Mundial de Saúde (OMS), durante Assembleia Mundial da Saúde realizada em maio de 2010, instituiu a data de 28 de julho como o Dia Mundial de Luta contra as Hepatites Virais.

 
Conforme dados do Ministério da Saúde, de 1999 a 2011 já foram notificados e confirmados 120.343 casos de hepatites B sendo que 31,6% na região Sul e 82.41 casos de hepatite C no Brasil sendo 23,3% da região Sul. Em Santa Catarina, de 1994 a 2013 foram notificados 13.406 casos de hepatite B e 10.887 casos de hepatite C.

 
A hepatite é a inflamação do fígado e pode ser provocada por abuso de bebida alcoólica, por reação não desejada de alguns remédios e por vírus. Somente a hepatite causada por vírus é transmitida de uma pessoa para outra. A maioria das hepatites é assintomática. Os casos graves, quando não tratados podem evoluir para cirrose e câncer.

 

ALGUNS SINAIS E SINTOMAS:
Dor abdominal;
Fadiga;
Mal-estar;
Náuseas;
Anorexia (falta de apetite);
Icterícia (a pele e os olhos do doente ficam amarelados);
As fezes tornam-se esbranquiçadas e a urina escura.
FORMAS DE TRANSMISSÃO:
Água e alimentos contaminados;
Relações sexuais desprotegidas;
Transfusão de sangue e derivados;
Uso de drogas com compartilhamento de seringas e canudos;
Transmissão vertical (mãe/bebê);
Aleitamento materno;
Acidentes com materiais perfuro cortantes;
Procedimentos estéticos, médicos e odontológicos sem esterilização adequada ou utilização de material descartável.

 

PREVENÇÃO:

Saneamento básico e medidas educacionais de higiene;
Vacinação para Hepatite B;
Sorologia no pré-natal;
Uso de preservativo nas relações sexuais;
Esterilização de materiais para uso estético, hospitalar e odontológico;
Não compartilhar agulhas e seringas.

 

QUEM DEVE FAZER O EXAME:

Vítimas de abuso sexual;
Pessoas que moram na mesma casa com portadores do vírus;
Parceiros sexuais dos portadores;
Usuários de drogas injetáveis e inaláveis;
Pessoas que receberam transfusão de sangue antes de 1993.

 

Em caso de apresentar algum dos sintomas referidos ou em caso de dúvida, procure a UNIDADE DE SAÚDE MAIS PRÓXIMA.
LEMBRE-SE:A vacina contra a Hepatite B está disponível no Posto de Saúde Central para as pessoas de 0 a 49 anos. Você só estará protegido após a aplicação das três doses.
Exija material esterilizado ou descartável em procedimentos estéticos (manicure, tatuagens, colocação de piercings, etc).Mulheres grávidas podem transmitir o vírus para o bebê. Por isso, devem iniciar o pré-natal o mais breve possível.
Equipe VE São Joaquim/DST/HIV/AIDS/HV

 

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close