Amures

Prefeitos reiteram pedido para criação de Gidur na Serra Catarinense a Michel Temer

Prefeitos Amures

Por Agnes Samantha 

Mais de cinco mil pessoas estiveram presentes no Centro Serra na tarde de sábado (27) para o comício suprapartidário do vice-presidente da República e candidato a reeleição, Michel Temer. Acompanharam o encontro mais de 70 lideranças de Santa Catarina.

Vânio Topanotti
Prefeito de Bom Jardim da Serra Vânio Topanotti com o vice Presidente da República Michel Temer

Na oportunidade o presidente da Amures, prefeito de Bom Jardim da Serra, Edelvânio Topanoti entregou ao vice-presidente da República um ofício solicitando apoio para implantação em Lages, de uma unidade da Gerência de Desenvolvimento Urbano (Gidur), órgão vinculado à Superintendência da Caixa Econômica. O documento tem assinatura dos 18 prefeitos, e uma cópia também já foi entregue ao ex-deputado Antônio Ceron como pedido de apoio do governo Colombo.

“Hoje todos os atendimentos da Gidur estão concentrados em Criciúma, onde são atendidos 62 municípios. E a distância da Serra Catarinense é um fator que dificulta o trabalho dos municípios” comenta Edelvânio Topanoti.

A proposta é que além dos dezoito municípios pertencentes a Amures, os municípios da Associação dos Municípios da Região do Contestado – AMURC; da Associação dos Municípios do Alto Vale do Rio do Peixe – AMARP e Associação dos Municípios do Planalto Sul de Santa Catarina – AMPLASC, façam parte da nova estrutura da Gidur.
Com isso se criaria uma regional com 27,8 mil quilômetros quadrados, correspondente a 29,21% do território catarinense. Nesta regional haverá uma população estimada em 610 mil habitantes, correspondente a 9,87% da população de Santa Catarina.

Além de participar do comício o vice-presidente atendeu as autoridades na ACIL, prefeitos e vices da região da Amures estiveram em peso e reafirmaram o apoio a campanha de Dilma e Temer.

Junto à classe empresarial, o candidato assumiu compromisso de que até meados de 2015, uma grande empresa aérea vai estar realizando voos diários de Lages a São Paulo, dentro do programa subsidiado pelo governo federal que torna os preços das passagens competitivos estimulando a movimentação de passageiros nessa modalidade.
“Acredito que ainda dá tempo de Dilma crescer mais um pouco nesta reta final e vencer no primeiro turno. Se a cada encontro conquistarmos mais um eleitor indeciso, isso será perfeitamente possível” finalizou Temer.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close