Crítica

Café co Polêmica

café

A anarquia e a desordem tomaram conta dos estúdios do Café com Polêmica desta semana. E nem poderia ser diferente, afinal, o programa começa com um solo de bateria de arrepiar de Juliete Lunkes – de volta em grande estilo – e termina com os conselhos do Chubis, esta entidade cósmica que materializou-se num Troll português.

Entre estes dois acontecimentos marcantes, não faltaram opiniões controversas e assuntos quentíssimos. O programa espacial brasileiro e seus benefícios para a sociedade, o paradoxo do gato e do pão com manteiga e as lasanhas explosivas do novo parceiro do CCP, a Coliseu Massas.

Também imaginamos quais seriam as reações de quem recebesse uma placa de carro com letras, digamos, “indesejáveis”. Algo como um petista ferrenho tendo que rodar por aí com uma placa FHC ou o pastor Marco Feliciano com a palavra GAY a identificar seu automóvel. Vai lá, rapaz, aperte o play e divirta-se.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close