Turismo

Urubici estrutura roteiro de agroturismo com apoio do SC Rural

SC Rural Urubici (42) (1)

Por Nina Velho

 

Estruturar um roteiro de turismo que ofereça aos visitantes o contato com a vida no campo e a cultura serrana, envolvendo famílias de agricultores em Urubici, na Serra Catarinense, é objetivo do Projeto “Fortalecimento do Agroturismo”, que conta com apoio do Programa SC Rural do Governo do Estado e da Associação Acolhida na Colônia. Nesta semana, as famílias beneficiadas apresentaram suas propriedades em um roteiro que incluiu visita às estruturas de hospedagem, comida típica e café colonial, pelas localidades de Campestre, Santa Terezinha e São Pedro, às margens da SC-370, em direção à Serra do Corvo Branco.

Através do projeto foram construídos 12 chalés para atendimento ao turista, adquiridos móveis e equipamentos, realizadas melhorias de sistemas produtivos e reforma de ambientes, além da capacitação das famílias para a gestão dos empreendimentos, organização em cooperativa e legalização das atividades. O investimento do SC Rural foi de R$ 471 mil, sendo 50% do valor financiado pelos agricultores. “Com o turismo surgiu um novo jeito de continuar na agricultura. Novos horizontes se abririam e tenho agora esperanças que meus filhos continuem por aqui”, afirmou o agricultor João Batista de Araújo, que há um ano trabalha com turismo pedagógico, recebendo grupos para os quais apresenta suas técnicas em produção agroecológica.

Com o apoio, as famílias amentaram a infraestrutura das propriedades e a disponibilidade de produtos e serviços de agroturismo de forma integrada. “O objetivo é promover a sustentabilidade da agricultura familiar, levando em conta a recuperação e a preservação ambiental”, explicou Cláudia Maria Schmitz, do Escritório Municipal da Epagri, que coordenou a elaboração e a execução das ações do SC Rural em Urubici.

SC Rural Urubici (35)As famílias beneficiadas, como a do seu Evaldo e Irma Beckauser, que recebeu ajuda para construção de dois chalés para hospedagem dos visitantes, contaram emocionadas suas experiências com o turismo. “É gratificante receber as pessoas. Muitos se tornam amigos e voltam a se hospedar aqui outras vezes. Para nós que somos aposentados, o turismo é uma forma de ter uma renda extra e ainda oferecer uma oportunidade para nossos filhos”, destacou seu Evaldo, que há mais de cinco anos recebe pessoas em sua pousada.

Para estruturar os roteiros de agroturismo em Urubici, através do SC Rural, foram desenvolvidas ainda outras importantes ações como a melhoria nas estradas municipais nas localidades de São Francisco e Baiano, em um total de 17,7 Km para acesso às propriedades rurais. Através de convênio com a Prefeitura, o Governo do Estado repassou R$ 984 mil para a obra que incluiu terraplanagem, colocação de diversos bueiros, alargamento de pista e paisagismo.

Também foram disponibilizados móveis e equipamentos para a estruturação do Centro de Atendimento ao Turista – CAT e sinalização turística, com um total de 21 placas e um painel, adquiridos através de licitação pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional – SDR São Joaquim, com recursos do Funturismo. “Estruturar o turismo rural é uma forma apoiar às famílias que vivem no campo através da geração de renda e agregação de valor aos produtos e atividades rurais”, afirmou a secretária Regional Solange Scortegagna Pagani, que durante a visita parabenizou as famílias pela organização.

Sobre o SC Rural
O Programa SC Rural, iniciado em 2010, é uma iniciativa do Governo de Santa Catarina com financiamento do Banco Mundial – BIRD. O objetivo é consolidar a política pública para o desenvolvimento do meio rural, através do apoio a planos e projetos que objetivem aumentar a competitividade das organizações da agricultura familiar por meio do fortalecimento e estruturação das suas cadeias produtivas.
A responsabilidade direta pela coordenação do Programa é da Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca, através da Secretaria Executiva Estadual do SC Rural, tendo como executoras suas empresas vinculadas: Epagri e Cidasc, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável – SDS, Secretaria de Infraestrutura – SIE, Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte – SOL, Fatma, Secretarias Regionais e Batalhão da Polícia Militar Ambiental de Santa Catarina.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close