Política

MPF vai investigar irregularidades em programa de construção de cisternas do governo catarinense

Dirceu Dresh

Por Assessoria de Imprensa Deputado Estadual Dirceu Dresch – PT/SC

O deputado estadual Dirceu Dresch (PT) recebeu ofício do procurador-chefe do Ministério Público Federal, Marcelo da Mota, informando que um inquérito civil foi aberto para investigar as irregularidades no programa do governo do estado de construção de cisternas na região Oeste. No dia 5 de setembro, Dresch  apresentou uma representação ao órgão  pedindo apuração na execução do programa.  As cisternas apresentam sérios problemas de construção que impedem o armazenamento de água da chuva pelos agricultores.

 

O governo federal repassou ao governo catarinense R$ 13 milhões para construção de 4.908 cisternas. Porém, conforme mostram fotos, vídeos e documentos enviados por câmaras de vereadores de vários municípios, um grande número de cisternas, construídas em propriedades rurais para armazenar água da chuva, estão inutilizadas. “Estive pessoalmente nem várias propriedades, a situação é revoltante”, revela Dresch.

 

As estruturas, com capacidade para armazenar 16 mil litros de água, apresentam rachaduras que provocam vazamentos e outros defeitos de construção. Também há casos de cisternas que desmoronaram. Além disso, o edital de licitação de construção, feito pelo governo catarinense, previu apenas o reservatório, sem o respectivo sistema hidráulico, portanto não há como coletar nem como retirar a água armazenada.

 

“Como são recursos federais, cabe ao Ministério Público Federal apurar os responsáveis. É um absurdo o que está ocorrendo. Esperamos que o Ministério Público Federal apure os fatos e puna os responsáveis”, aponta o deputado.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close