Política

Simon lança candidatura de Luiz Henrique à presidência do Senado

LHS

Artur Hugen para Agência São Joaquim Online

O senador Pedro Simon (PMDB-RS) lamentou, nesta quinta-feira (13), as notícias de corrupção que constantemente ocupam as manchetes da imprensa brasileira. Simon disse que, após a eleição, deveria haver um esfriamento das tensões, mas o que se verifica nas páginas dos jornais é um ambiente de incerteza e imprevisibilidade em relação ao futuro do país.

O senador afirmou que não se tem, ao longo do tempo, um escândalo tão grave no Brasil como o que está acontecendo na Petrobras e lamentou a falta de punição dos corruptos no país.
Simon ressaltou que a modificação do cenário atual é imprescindível para que o Brasil consiga realizar reformas como a política e a tributária e sublinhou a necessidade de a presidente Dilma Rousseff dialogar com lideranças partidárias a fim de estabelecer metas de trabalho e projetos para o seu futuro governo.
– Sinceramente, eu não vejo momento mais grave e mais dramático na sociedade brasileira do que esse que estamos vivendo. Há uma interrogação muito grande com relação ao futuro do Brasil. Eu creio que nesse tempo que antecede a posse devia haver uma reunião, um entendimento de alto estilo, em que as forças que compõem a política brasileira preparem o ambiente para o novo governo e preparem o Congresso para o ambiente que irá enfrentar – disse o senador.
Simon ainda chamou a atenção para a importância de não serem feitas apenas críticas destrutivas, mas um debate profundo sobre os problemas do país. O senador demonstrou esperança com a sociedade e com os jovens. Segundo ele, ainda chegará o dia que as ruas se encherão novamente com as pessoas apresentando propostas para que o Congresso possa, enfim, votar as reformas que devem ser feitas no país.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close