Amures

Vânior Forster eleito presidente da Amures

Amures

Os prefeitos da Associação dos Municípios da Região Serrana – Amures elegeram na tarde desta quarta­-feira (10), a nova diretoria para o exercício 2015. O prefeito de Correia Pinto Vânio Forster conduzirá os trabalhos representando o colegiado de gestores municipais. Entre as metas do novo presidente está o fortalecimento dos municípios e a união em torno dos pleitos comuns, como a conclusão do Aeroporto Regional, duplicação das BRs­282 e BR­116, além do fortalecimento das agroindústrias familiares.

O processo de recomposição da nova diretoria da Amures não teve divulgação antecipada para que os prefeitos ficassem à vontade para escolher seus membros sem possíveis interferências externas.

O atual presidente da associação, prefeito de Bom Jardim da Serra Edelvânio Topanoti permanece no cargo até final de janeiro, quando ocorre a posse da nova diretoria.

Também foram eleitos na ocasião, a diretoria do Consórcio de Serra Catarinense (Cisama), que será presidido pelo prefeito de Campo Belo do Sul, Edilson José de Souza o do Consórcio de Saúde, que permanecerá com o prefeito de Bom Jardim da Serra, Edelvânio Topanoti. Ele já respondia interinamente pelo Consórcio de Saúde.

O novo presidente da Amures agradeceu a confiança depositada em sua pessoa e reiterou que os pequenos municípios necessitam de mais atenção dos órgãos estaduais e federais. “Nosso esforço tem de ser redobrado pelos que mais precisam. Não há como desenvolver uma região sem que todos estejam inseridos”, declarou Forster.

Ele quer firmar um canal de diálogo com o deputado estadual Gabriel Ribeiro, a deputada federal Carmen Zanotto e o governo do Estado para através da Amures fomentar o desenvolvimento dos pequenos municípios. “O governador Colombo teve nove em cada dez votos na região disse que a Serra Catarinense será prioridade no seu segundo mandato e agora dependerá de nós as articulações”, declarou.

Policlínica Regional de Saúde Os prefeitos da Amures retomarão 2015 com uma prioridade latente. A implantação de uma Policlínica Regional de Saúde, que já foi incluída nas prioridades do Plano Plurianual da Assembleia Legislativa. Edelvânio Topanoti se comprometeu trabalhar para que os 23 municípios assistidos pelo Consórcio de Saúde tenham essa estrutura.

“Passam por dia pelo Consórcio de Saúde, mais de mil pessoas e não podemos mais continuar passivos vendo as filas de espera aumentar”, defendeu. Ele não vê outro caminho que não seja a reestruturação física do Consórcio para enfrentar as demandas futuras.

Já o presidente eleito do Consórcio Serra Catarinense (Cisama), Edilson de Souza disse que o enfrentamento dos problemas de saneamento básico é prioridade e demandarão de muitas ações dos municípios. “É uma questão que depende de recursos federais e infelizmente não é prioridade do governo. E nós municípios não temos como resolver sozinhos”, lamentou.

Ele fez um apelo parque os prefeitos e lideranças regionais estejam mobilizados em 2015 para resolver este “crônico” problema de saúde pública. Pela manhã os prefeitos membros do conselho fiscal da Amures e dos consórcios analisaram e aprovaram as contas do exercício 2014.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close