Trânsito

Placas de Trânsito ecológicas estão sendo instaladas em São Joaquim


DSC_0021

Projeto de Trânsito economicamente viável e ecologicamente corretas!

A Diretoria de Trânsito de São Joaquim começou nesta semana a instalação de placas de trânsito feitas com plástico reciclado de alta resitência.

O projeto está sendo encarado com uma grande novidade para São Joaquim por se apresentar com um fator economicamente viável e ecologicamente corretas, pois o material reciclado está custando apenas um terço do valor que as placas e palanques feitas em metal custariam ao poder público.

Outra vantagem foi a contratação da mão-de-obra utilizando empresas genuinamente joaquinense como a Artefatos para a instalação da placas, fixando desta forma a circulação do ISS e o rendimento para micro empresários de São Joaquim.

As primeiras 150 placas estão sendo instaladas entre a Rua Nova (Sebastião Furtado), ruas Centrais sem a afetação do Projeto Acorde e o Bairro São José.

A segunda leva de placas ecológicas serão instaladas entre o Supermercado Pim Pão até o Parque da Maçã passando por todo o Bairro Martorano. E a terceira etapa deverá atender os demais bairros da cidade. Explicou o Diretor de Trânsito Stélio Porto.

Além da instalação das Placas Ecológicas, a cidade está recebendo novas pinturas de meio fio e faixas de pedestres, que desta vez receberão a pintura com materiais mais resistentes ao tempo.

Outra novidade será a substituições de algumas lombadas por tachões, melhorando desta forma a trafegabilidade dos veículos sem retirar a segurança dos pedestres.

DSC_0029


DSC_0027

Related Articles

8 thoughts on “Placas de Trânsito ecológicas estão sendo instaladas em São Joaquim”

  1. As placas que estão sendo colocadas, já estão raspadas a pintura, as hastes com cimento sem pinturas adequadas horrível, será que são Joaquim tudo que se tenta mudar fica mais feio o incompetência generalizada onde anda as pessoas responsáveis para olhar o andamento do serviço??????

  2. Essa cidade não tem jeito mesmo………coloquem gente competente ou será que canastra pensa que é superior a lei???? Atenção Ministério Público de São Joaquim verifique a dimensão dessas placas e o orçamento. Dá uma lida aqui seu burro.
    RESOLUÇÃO Nº. 336 DE 24 DE NOVEMBRO DE 2009
    Altera a Resolução nº 39, de 21 de maio de 1998, do
    Conselho Nacional de Trânsito – CONTRAN, para
    proibir a utilização de tachas e tachões, aplicados
    transversalmente à via pública, como sonorizadores ou
    dispositivos redutores de velocidade.
    O CONSELHO NACIONAL DE TRÂNSITO – CONTRAN, no
    uso das atribuições que lhe são conferidas pelo art. 12, da Lei nº. 9.503, de
    23 de setembro de 1997, que instituiu o Código de Trânsito Brasileiro –
    CTB, e conforme o disposto no Decreto nº. 4.711, de 29 de maio de 2003,
    que trata da coordenação do Sistema Nacional de Trânsito – SNT,
    Considerando o que consta no Processo Administrativo nº.
    80001.019601/2008-81;
    Considerando que a aplicação de tachas e tachões
    transversalmente à via como dispositivos redutores de velocidade,
    ondulações transversais ou sonorizadores causa defeitos no pavimento e
    danos aos veículos;
    RESOLVE:
    Art. 1º Os arts. 2º e 6º da Resolução nº. 39, de 21 de maio de
    1998, do Conselho Nacional de Trânsito – CONTRAN passam a vigorar
    com as seguintes redações:
    “Art. 2º…………………………………………………………………………..
    Parágrafo único. É proibida a utilização de tachas e tachões,
    aplicados transversalmente à via pública, como redutor de velocidade ou
    ondulação transversal.”
    “Art.6º………………………………………………………………………………
    Parágrafo único. É proibida a utilização de tachas e tachões,
    aplicados transversalmente à via pública, como sonorizadores.” Art. 2º Esta Resolução entra em vigor na data de sua
    publicação.
    Alfredo Peres da Silva
    Presidente
    Marcelo Paiva do Santos
    Ministério da Justiça
    Rui César da Silveira Barbosa
    Ministério da Defesa
    Rone Evaldo Barbosa
    Ministério dos Transportes
    Paulo Sérgio França de Sousa Júnior
    Ministério dos Transportes
    Esmeraldo Malheiros Santos
    Ministério da Educação
    José Antônio Silvério
    Ministério da Ciência e Tecnologia

    Em resumo pelegada, deem lugar para quem tem competência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close