Agricultura

Amap divulga o preço de pauta da Maçã

maçã

Amap para Agência São Joaquim Online

A Câmara Técnica da Amap- Associação dos Produtores da Maçã e Pera de Santa Catarina reuniram-se no dia 09 de fevereiro para discutir o preço de pauta da comercialização do quilograma da Maçã pelos produtores de São Joaquim e região.

Considerando os preços praticados pelas principais empresas compradoras de Maçã a Granel (em bin) de São Joaquim, que é de R$ 0,75 à R$ 0,80 por quilo, e também considerando que os preços para garantia de financiamentos nas principais instituições financeiras, e de acordo com o plano safra da Presidente Dilma, é de R$ 0,79.

Assim sugere-se  que o melhor preço a ser utilizado como pauta nas notas fiscais de venda de Maçã a Granel, é de R$ 0,79 o quilo.

 

 

Related Articles

8 thoughts on “Amap divulga o preço de pauta da Maçã”

  1. Eu acho que estamos caminhando com pessoas que querem levar o produtor pro fundo do posso nessa AMAP, será que tudo aumenta só o nosso produto que não?

  2. O senhor decepcionado falo tudo e mais um pouco pois esse presidente dessa amap falo no radio puxando no saco da schio nos pagamos eles para defender nosso direitos de produtor assim como todas as associações e sindicatos de todos os setores e profissões fazem mas cada um tem seu interesse particular mas ja digo se o preço for menos que R$ 1,10 não vo paga mais essa amap

  3. O SR PEDRO NÃO CONFUNDA O PREÇO É DA NOTA FISCAL E NÃO O PREÇO PAGO AO PRODUTOR DEUS ME LIVRE DE UM PREÇO DESTE DAI O SR TA LOUCO ME PERDOE

  4. esse preço pode aumentar,que tal um posto de fiscalização 24 horas na saida da cidade fiscalizava maça boi madeira e outras cozitas mais.

  5. Infelizmente esta associação de produtores está atuando em favor das grandes empresas, em especial uma de Vacaria que agora está se instalando em São Joaquim-SC. Há, neste caso, um conflito de interesses e exige dos seus dirigentes no mínimo, bom senso. Estamos de olho PTB!!!

  6. Não é o Brasil e sim a falta de representação e organização dos produtores. Querer jogar a culpa do preço da maça no governo é tentar desviar a incompetência da AMAP que ao invés de representar os interesses dos produtores defende o interesse das empresas. Tenho pena dos pobres produtores que pagam mensalidade a AMAP. Eu mesmo prefiro tirar este custo das minhas despesas e olha que esta mensalidade que eu não pago nunca fez falta, pois enquanto as empresas mandarem na AMAP não vamos ter associação de produtores.

  7. Isso é um absurdo se o preço for inferior a safra passada pois tudo foi inflacionado aí fica difícil para o produtor que só tem uma safra ao ano trabalhar para no final não sobrar nada esse é o me Brasil .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close