Política

Luiz Henrique pede na Comissão de Agricultura profunda radiografia do transporte rodoviário

LHS_11_02_15

Artur Hugen para Agência São Joaquim Online

Ao prestigiar a posse da senadora Ana Amélia (PP-RS) na presidência da Comissão de Agricultura e Reforma Agrária para o biênio 2015/2016, o senador Luiz Henrique (PMDB-SC) ressaltou a relevância do setor rural – que representa 25% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro e 40% das exportações nacionais.

Diante da gravidade da greve dos caminhoneiros para a economia e o abastecimento no país, o senador propôs que a comissão faça uma profunda radiografia do transporte rodoviário, que afeta diretamente a agricultura brasileira e a vida da população.

Ao requerimento de audiência pública nesse sentido do senador Waldemir Moka (PMDB-MS), Luiz Henrique sugeriu debate conjunto com a Comissão de Assuntos Econômicos por envolver uma série de fatores tão complexos: frete, combustível, IPVA, seguro, tarifas, pedágios, entre outros.

Ele voltou a considerar os caminhoneiros “verdadeiros heróis”, com jornadas de até 16h de trabalho em péssimas estradas, lamentou a prioridade ao transporte rodoviário para o abastecimento de um país continental como o Brasil, e criticou:

?- Enquanto na Europa o abastecimento é feito em um raio de 150 quilômetros, no Brasil os frangos e suínos de Santa Catarina são alimentados com grãos que saem da região central do país e seguem para os estados do norte, como o Acre, num verdadeiro passeio de mercadorias”.

Convidados para o debate na audiência pública, marcada para o dia 12, o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência, Miguel Rosseto; os presidentes da Confederação Nacional de Agricultura e Pecuária, João Martins da Silva Júnior, e da Organização das Cooperativas do Brasil, Marcio Lopes; além de representantes do movimento dos caminhoneiros.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close