Crítica

Sociedade Organizada de São Joaquim cobram fiscalização do Projeto Acorde e a SDR tira o corpo fora mais uma vez

Sociedade Organizada de São Joaquim

A luta continua Part 1

Um grupo de cidadãos se reuniram na sala de reunião da SDR de São Joaquim na tarde desta última sexta-feira (06) para fazer alguns questionamentos, entre eles a questão da fiscalização do Projeto Acorde.

Segundo a SDR de São Joaquim não compete a eles fazer esta fiscalização, mas a própria Secretaria de Infraestrutura de Florianópolis, tal afirmação provocou o indignação dos cidadãos que cobraram veementemente por uma fiscalização.

Mas a SDR por sua vez pediu que a própria prefeitura de São Joaquim designasse um fiscal.

A Secretária do Desenvolvimento Regional Solange Pagani definiu os cidadãos de parceiros na fiscalização das obras, mas recebeu uma resposta inesperada:

-“Não existe parceria, parceria é quando dois lados trabalham no mesmo objetivo e o nosso objetivo é uma obra de qualidade, (que não é o caso da SDR de São Joaquim já que para [o nível] de São Joaquim está obra estava boa), pois as pessoas que estão no cargo não levam a sério!” Destacou a Professora Dalva De Bettio.

Related Articles

6 thoughts on “Sociedade Organizada de São Joaquim cobram fiscalização do Projeto Acorde e a SDR tira o corpo fora mais uma vez”

  1. VI E OUVI O VIDEO E CHEGUEI A CONCLUSÃO QUE NÃO TEM NINGUÉM CAPACITADO DENTRO DA SDR EM FISCALIZAR AS OBRAS DO PROJETO ACORDE POIS TEM QUE DEPENDER DE VIR FISCAL DE FLORIANÓPOLIS É O FIM DO MUNDO.
    PELO JEITO NÃO TEM ENGENHEIRO CAPACITADO DENTRO DA SDR.
    PARABÉNS PARA AQUELAS PESSOAS QUE FORAM LA FAZER REUNIÃO COM A DONA SOLANGE E MOSTRAR QUE A CIDADE A NOSSA QUERIDA SÃO JOAQUIM NÃO ACEITA E NEM VAI ACEITAR OBRA MAL FEITA FOI DADO O RECADO PARA AS PESSOAS QUE ESTÃO NO COMANDO DA SDR QUE O POVO ESTÁ DE OLHO E NÃO VAI DAR MOLEZA.

    -“Não existe parceria, parceria é quando dois lados trabalham no mesmo objetivo e o nosso objetivo é uma obra de qualidade, (que não é o caso da SDR de São Joaquim já que para [o nível] de São Joaquim está obra estava boa), pois as pessoas que estão no cargo não levam a sério!” Destacou a Professora Dalva De Bettio.

    PARABÉNS DALVA DE BETTIO QUE FALOU EM ALTO E BOM TOM O TRECHO ACIMA CITADO.
    QUEM TIVER OPORTUNIDADE DE ASSISTIR O VIDEO AS ASSISTA É UMA AULA DE CIDADANIA DESTES CIDADÃOS QUE FORAM LÁ NA SDR…..

  2. O ponto crucial continua. O “contraditório” permeou a reunião na SDR, te o dia 06.03.15. Durante o encontro, a secretária afirma que a SDR é um “braço do governo”. No entanto, quando solicitadas as providências para melhorar a fiscalização das calçadas, afirma não ter autonomia para tais decisões. Insiste em dizer que “somos parceiros”. Porém, tal parceria não existe. Toda parceria se faz quando o objetivo é o mesmo e as negociações avançam (no caso, calçadas bem feitas, com material de qualidade e fiscalização). O povo não foi convidado para participar do projeto e não está sendo ouvido na execução da obra. Para quem interessar, o conteúdo da reunião está gravado e disponível.

  3. VEJAM A VERGONHA NA SAIDA PARA BOM JARDIM DA SERRA, PRÓXIMO a madereira do GRILLO, Não ESTÃO FAZENDO ESTACIONAMENTO PARA OS AUTOMOVEIS, AS VÃO TER QUE ESTACIONAR NO MEIO DA PISTA, QUE VERGONHA?
    ONDE ESTA A SDR????????????????????????????????????//

  4. Então isto significa que para São Joaquim, o atual governo e secretária está bom, estou certo ou estou errado Produção??????

  5. Eita que a muié do cabidão tomo nos dedos.
    Não é dever da SDR (cadidão) de fiscalizar as obras então pra que tem engenheiro nesta secretaria só pra ficar tomando cafezinho.
    E tempo pros encostados da SDR ficar fazer compras em lojas e mercados em horário de trabalho pode.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close