12º SENAFRUT traz técnica e negócios a São Joaquim

por Sheila Godinho 509 views0

-12º SENAFRUT traz técnica e negócios a São Joaquim – Evento consolida-se com um dos maiores do setor no Brasil

O 12º Seminário Nacional sobre Fruticultura de Clima Temperado – SENAFRUT, que acontece de 14 a 16 de junho, no Centro de Eventos do Parque Nacional da Maçã tem como principal objetivo, atender as demandas de discussão e atualização técnica, de todos os segmentos envolvidos na fruticultura de clima temperado.

Objetiva a transferência de conhecimento, desenvolvido pela pesquisa agropecuária brasileira, promoção de intercâmbio e troca de experiências entre pesquisadores, técnicos, fruticultores, entidades de pesquisa e extensão no âmbito nacional e estadual, levando o conhecimento nos diversos segmentos da fruticultura de clima temperado. Além disso, o evento possibilita aos estudantes e pesquisadores, a oportunidade de apresentar em forma de pôsteres os resultados de suas pesquisas. “Serão mais de 165 pôsteres para participarem dos anais e que serão publicados no evento, um boa participação considerando outras edições do evento”, comenta Marcelo Cruz de Liz, Engenheiro Agrônomo, Gerente de Pesquisa da Estação Experimental de São Joaquim e membro da comissão organizadora do evento.
Um minicurso de manejo e conservação de polinizadores para a cultura da macieira também será ofertado durante o evento. Assim como a disponibilização de apresentação de produtos por meio de 65 estandes internos e também os estandes externos, onde terão as empresas de tratores e equipamentos, com possibilidade ainda de caminhões e utilitários. “O evento além de ser uma atualização técnica, é também um evento de negócios, de forma que o fruticultor tenha conhecimento e informações sobre equipamentos e produtos desenvolvidos para a fruticultura, melhorando a qualidade de seu produto, diminuindo os custos de produção, facilitando as operações frutícolas, obtendo maior produtividade e constância de produção em seu pomar. Proporcionando maior rentabilidade e maiores investimentos no seu negócio e na sua propriedade com mais qualidade de vida para sua família”, destaca Marcelo.
Segundo o Prefeito de São Joaquim, Humberto Luiz Brighenti, o SENAFRUT é o maior evento de fruticultura de clima temperado do país. “O evento traz um número muito grande de técnicos de renome e reúne o maior número de produtores e atualizações para as produções. É um evento muito bom para o turismo, pois os hotéis ficam lotados, as visitações, os restaurantes. Enfim, é um grande benefício para a comunidade. Notando sempre que há um crescimento a cada ano auxiliando cada vez mais os produtores”, comenta.
O evento conta com a realização de no mínimo 22 palestras, que serão divididas em seis blocos.
Bloco I – Mercado da Maçã e Climatologia;
Bloco II -Fitoreguladores na Fruticultura;
Bloco III – Podridões e Armazenamento;
Bloco IV – Mecanização de Pomares;
Bloco V – Fitossanidade;
Bloco VI – Fitotecnia – Manejo de Plantas. Como a principal cultura do município é a maçã, o percentual de temas abordando o produto é maior. Porém, também terão assuntos relacionados à pera, ameixa e viticultura. “A cultura da macieira será discutida nos principais pontos como: mudanças climáticas manejo de plantas, uso de fitoreguladores, raleio mecânico e químico, doenças e pragas, cobertura de pomares, podridões de frutos, mecanização, armazenamento entre outros temas”, salienta Marcelo.

Inscrições estão abertas

As inscrições para o evento estão sendo realizadas na sede da Associação dos Produtores de Maçã e Pera de Santa Catarina – AMAP, no escritório local da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina – EPAGRI junto à Agência Desenvolvimento Regional de São Joaquim – ADR, na Estação Experimental da Epagri de São Joaquim e na Cooperserra. Os interessados também podem realizar a inscrição de forma eletrônica através do site www.senafrut.com.br. É necessário que a inscrição seja feita antecipadamente, pois o espaço do evento é limitado.

As inscrições tem valor de R$ 70,00 para o público geral e R$ 35,00 para estudantes até 25 de maio. Após esse período os valores ficam R$ 85,00 e R$ 45,00, respectivamente.
O evento conta com o patrocínio da ABPM, BASF, BAYER, BioGrow, BRDE, Crea- SC, CRESSOL, FAPESC, SANJO, FISCHER, SC Rural, Cooperativa Sanjo, Sindicato e Associação Rural de São Joaquim, FAESC e SENAR e apoio da Cooperativa Cooperserra, Cooperativa Frutas de Ouro, Maçãs Zanette, Perboni Brasil, SEAGRO-SC e Serra Frutas.
Impactos no setor produtivo

O evento disponibiliza informações sobre o mercado da maçã e o avanço do controle de doenças e pragas da macieira, em especial mosca das frutas e cancro europeu. Da condução e mecanização de pomares com ênfase no aumento da produtividade e na qualidade dos frutos e na redução da mão-de-obra, apresenta informações sobre pré e pós colheita, armazenamento de fruto e como as mudanças climáticas podem afetar a fruticultura. Informações mais recentes sobre a cultura da vitivinicultura de altitude, que já é uma realidade na região e como esta cultura envolve outros setores como o turismo, gastronomia e o setor de serviços na região. Além disso, frutas como pera e ameixa serão discutidas no evento devido aos seus potenciais de cultivo e adaptação na região.
“A fruticultura apresenta um bom desenvolvimento na região, mas é necessário uma evolução constante para acompanhar as mudanças tecnológicas e de inovação no setor, para que tenhamos fruticultores modernos, profissionais competitivos na fruticultura”, salienta Marcelo.
A organização na forma de associativismo, cooperativismo e boas parcerias são essenciais para que os fruticultores tenham sucesso, viabilizando seu negócio. Proporcionar conscientização, informação e conhecimento para que toda cadeia produtiva saia fortalecida são alguns dos objetivos do evento.

Minicurso:
Na quinta-feira, 16 de junho, acontece o minicurso com o tema Polinização em macieira: manejo e conservação de polinizadores. Inicia com uma palestra no dia 15 às 17h30min., porém a abertura oficial será dia 16 às 8h, na sala de reuniões Epagri/EESJ. Outros assuntos dentro do tema como “As abelhas e a polinização de macieiras; Diversidade de visitantes florais na cultura da maçã e sua relação com as características dos frutos; Boas práticas para o manejo e conservação de polinizadores: Manejo de paisagem; Colmeia ideal para o serviço de polinização em macieira; Densidade de abelhas como fator chave para o sucesso da polinização dirigida em pomares, entre outros, serão abordados no minicurso.
Informações podem ser obtidas através do e-mail: cristianoarioli@epagri.sc.gov.br ou ainda pelos telefones 49 3233-8419/8801-6523.
Andressa Zanette Borges

BRD 0053 16 WEB BANNER 1920X471PX

Deixe uma resposta