A ascensão da pecuária dos Campos de Cima da Serra apresentada na II Expoarcs

por Fabiana Legnaghi 980 views0

É impossível de se falar em economia na Serra Catarinense sem citar o ramo mais firme e incisivo dela: a “pecuária”. Este ramo corresponde hoje, a segunda economia da cidade de São Joaquim e Bom Jardim da Serra, atrás apenas da produção de maçã. Somente a cidade de São Joaquim possuí um rebanho de mais de 80.000 cabeças de gado, sendo o segundo maior rebanho do estado de Santa Catarina, porém todo esta soma numeral não seria nada se não fosse antes a qualidade genética oferecida aos bovinos e o excelente trabalho dos criadores para manter essa raça firme, forte e geneticamente melhorada.

ii-expoarcs-2A criação de gado não é uma tarefa fácil, são horas e horas a fio em toda a adversidade do clima, seja quente ou frio, o desafio é posto a prova. Mas o resultado é surpreendente no desenvolvimento dos bovinos com o leite e gordura saudável em pastagens sempre verdes.

Nos campos de cima da serra entre as cidades de São Joaquim, Urubici e Bom Jardim da Serra temos de gado de corte, reprodutor e leiteiro mas a raças que mais se destacam são os bovinos Angus, Brangus, Hereford, Braford, Devon, Charolês e Pollen Hereford que melhor se adaptaram a região e trazem o que há de melhor na carne bovina, justamente as raças que foram categoricamente expostas na primeira e na segunda edição da Expoarcs em São Joaquim.

E não é somente os animais bovinos, os equinos das raças quarto-de-milha, paint horse e especialmente os cavalos crioulos demonstraram grande força e genética bem desenvolvidas para a região.

ii-expoarcs-1A busca pela “intensificação” na criação de gado de altíssima qualidade genética nos campos de cima da serra deu um passo adiante considerado para a sustentabilidade e a eficiência global. E esta criação de animais regionalmente apropriados levou a uma nova atração de alta produtividade e proporcionando rendimento tanto para os pequenos e médios quanto para os grandes criadores de animais de raças.

E esta ascensão da qualidade genética e da melhoria animal dos criadores de cima da serra no eixo central do planalto serrano pode ser devidamente comprovado através do sucesso apresentado na segunda edição da Expoarcs que ocorreu ente os dias 23 a 25 de Setembro em São Joaquim que atraiu muitos investidores e foi real demonstração da força da pecuária e dos criadores desses animais. Afinal os criadores serranos mostraram ao Brasil e ao mundo quem realmente são, de onde vieram e para onde vão…

Veja aqui as imagens do terceiro dia da Expoarcs 2016 em São Joaquim:

 

 

 

 

 

Salvar

Salvar

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>