Deputado critica medidas do governo federal que prejudicam agricultores familiares

por Hueliton Lima 0

“Em seis meses, o governo golpista de Michel Temer  já mostrou seu total desrespeito à agricultura Familiar”, afirmou o deputado estadual  Dirceu Dresch (PT). O parlamentar apresentou moção criticando medidas do governo federal que reduzem políticas votadas ao setor.

Conforme Dresch, além de o  governo promover vários   cortes drásticos no orçamento de  programas para a área rural, ele também ataca parte da estrutura da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Agrário, que está subordinada agora à Casa Civil.  Na última semana foi extinto todo o Departamento de Geração de Renda e Agregação de Valor, que foi responsável pela implementação do Programa de Aquisição de Alimentos – PAA e também foram cortados R$ 160 milhões do programa.

“Estão precarizando e desestruturando uma   pasta vital para a agregação de renda pela agricultura familiar.  Não estão respeitando o setor primordial para a segurança alimentar da nação, que  é responsável por 70% dos alimentos consumidos no país”, criticou Dresch.

Entre as ações contrarias a agricultura familiar o deputado cita a extinção do  Ministério do Desenvolvimento Agrário, o cancelamento da  Chamada Pública que iria  disponibilizar R$ 208 milhões para contratação de assistência técnica em todo o Brasil, sendo que  50 cooperativas e associações de produtores catarinenses estavam selecionadas e  perderam R$ 10,6 milhões.  “E agora desestruturam o funcionamento do PAA. Não vamos ficar surpresos se daqui a pouco mudarem a lei desobrigando a compra de produtos da agricultura familiar para uso na alimentação escola ou  se aumentarem os juros e reduzirem os recursos do Pronaf e extinguirem o programa Mais Alimentos.  Vivemos o retrocesso, um governo que não conhece a agricultura familiar brasileira”.

Assessoria de Imprensa – Deputado Estadual Dirceu Dresch – PT

Deixe uma resposta