38ª Feira do Terneiro e da Terneira do Sindicato Rural movimenta economia em São Joaquim

por São Joaquim Online 0

Em 21 de abril, feriado nacional, às 14 horas, acontece no Parque Nacional da Maçã, em São Joaquim, a 38ª Feira do Terneiro e da Terneira, promovida pelo Sindicato Rural e Associação Rural de São Joaquim com o apoio do Sistema FAESC/SENAR, Prefeitura de São Joaquim e Cidasc. O evento que é um dos mais tradicionais da Região e atrai a atenção dos pecuaristas pela qualidade dos animais apresentados, seriedade nas negociações e organização.

As inscrições que abriram em 13 de março às 8h, esgotaram no mesmo dia às 10h30min. lotando todas as mangueiras disponíveis para a feira, totalizando mais de 900 animais inscritos. Para se ter ideia da procura pela feira, alguns associados como Francisco Amarildo do Amaral e Joacir Dom do Amaral, chegaram por volta das 5h da manhã para garantir mangueiras aos animais que devem ser expostos no evento. “Essa é mais uma prova de que estamos fazendo um trabalho sério e com credibilidade. O resultado são animais negociados com qualidade. Nossos pecuaristas a cada ano nos surpreendem com os lotes”, salienta Antônio Marcos Pagani de Souza, presidente do Sindicato e da Associação Rural de São Joaquim e Vice-Presidente de Finanças da Federação da Agricultura e Pecuária de Santa Catarina – FAESC.

Encerrada a etapa de inscrições, o médico veterinário responsável Felipe Palma Velho de Souza, inicia o processo de seleção e vacinação dos animais.

Há mais de 38 anos as feiras do Sindicato Rural de São Joaquim são referências para o setor agropecuário na Região pela qualidade dos lotes negociados e pela credibilidade da instituição, assim como a confiança dos expositores e compradores.

Para o Prefeito de São Joaquim, Giovani Nunes, as iniciativas do Sindicato Rural de São Joaquim, nas mais variadas áreas são importantíssimas para o município e região. “A Feira do Terneiro e da Terneira representa a qualidade e a preocupação dos pecuaristas com os rebanhos. Sem dúvida a pecuária é uma importante fonte econômica que merece atenção e investimentos. Cabe ao poder público auxiliar na viabilização deste apoio e valorizar as iniciativas. E, mais uma vez saliento que somos parceiros”, afirma.

Por Indústria da Comunicação

Deixe uma resposta