Um ano sem Márcia Nunes – A líder de uma banda que cativou uma geração inteira

por São Joaquim Online 1

Neste sábado 13 de maio faz um ano do falecimento de Márcia Nunes, a entusiasta de uma banda que cativou uma geração inteira pelo trabalho, carinho e dedicação por mais de duas décadas resgatando a importância dos jovens de São Joaquim e ensinando à eles o valor da música.

Um de seus mais reconhecidos discípulos Maykon Kjellin, fez uma dedicatória especial em homenagem à Márcia Nunes, Leia na íntegra a dedicatória:

___________________________________

Márcia Nunes
Banda Do Colégio São José homenageou Márcia Nunes durante o desfile de 2016 

Existem coisas que fazemos de tudo para esquecer, mas tem coisas que o tempo lhe marca, como uma cicatriz, datas comemorativas são algo marcante, mas nem todas as datas nós comemoramos, hoje é um dia para olhar para o céu e talvez sorrir, talvez chorar, mas entre tantos talvez, uma certeza, sentir saudades.

Era um moleque que não conseguia se enturmar de jeito algum na escola, brigava muito por conta do bullying e escondia isso de meus pais. Nada me fazia conseguir se enturmar, ou apanhava, ou infelizmente batia – sempre fui contra a violência, mas entre bater e apanhar, vocês também escolheriam bater -. Com meus sete anos, uma das melhores amigas de minha mãe, me chamou para ir tocar na fanfarra da escola do Rocha Pombo, a época, conhecida como Banda Unida. Lembro do primeiro dia, ganhei um tambor verdinho com uma baqueta pesada muito bonita, logo escrevi o meu nome nela e recebi alguns xingões, rs. Fiz amigos naquela Fanfarra que carrego no coração até hoje, foram meus primeiros amigos e hoje ainda continuam sendo, um abraço a Valdson Godoy, Israel Garcia, Teilor Ribeiro de Oliveira, Marlon Diefenthaeler. Dos meus sete anos, participei da banda até meus dezoito anos, do surdo passei para o bumbo, caixa até chegar ao repique e foi lá que ela descobriu meu talento, “esse guri serve para ser baterista”, ela dizia.

Maykon Kjellin
Maykon kjellin teve seu aprendizado musical na Banda de Márcia Nunes

Tudo relacionado a fanfarra ela me ensinava com calma, afinar, consertar, manter e conservar, cuidava dos instrumentos de toda a fanfarra como se fossem meus, eram mais de cem tambores e cuidávamos muito deles. Quando ganhei minha primeira bateria, tinha quinze anos, e ela foi quem buscou na cidade de Rio do Sul, ela acreditava de mais em nosso potencial, deu caixas(amplificadores), cabos e ia em nossos ensaios da primeira banda “Sakyfaz”, uma das poucas bandas de Rock de São Joaquim na época. Felizmente ela conseguiu assistir vários shows nossos, sempre com lágrimas nos olhos, ela nunca imaginaria que anos após quem estaria com lágrimas nos olhos é este que vos escreves esta pequena homenagem, perdemos muito mais do que uma amiga, coordenadora de fanfarra – que vale ressaltar dedicou mais de trinta anos de sua vida a fanfarra do Rocha Pombo -, excelente funcionária da prefeitura e minha madrinha. Hoje o céu da risadas das piadas que ela faz, do sorriso que sempre carregava no rosto e do mau humor que a divertia entre as crianças da fanfarra, nunca teve maldade no coração e hoje ela é uma estrela. Todo show que eu subir em um palco, dedicarei eternamente a ti.

Obrigado por ter existido, obrigado por ter feito parte da minha vida, e o mais importante, obrigado por ter acreditado em mim.

Luto pelo falecimento de Marcia Nunes em 13 de Maio de 2016.

___________________________________________

Relembra as homenagens que a Banda durante o despedida de Márcia Nunes:

Homenagem-Marcia-Nunes-2-730x480.jpg


Comentários (1)

  1. Belas palavras Maykon, me lembro muito da sau dificuldade, mas pra mim vc foi e sempre será uma pessoa igual a mim ou igual a nós, aquele ano vc chegou desanimado triste me chamou de canto me falando q uma escola particular falou q na nossa banda tinha até aleijado tocando, mas esse insulto a vc pra mim entrou no ouvido e saio pelo outro, lembra no palanque na frente do prefeito oque a gnt fez naquele ano, então quando nos queremos nada irá nos impedir de realizamos nossos sonhos. E quero te agradecer por ter feito parte da minha infância e adolescência saúde e sucesso meu irmão!!

Deixe uma resposta