Queijo serrano no mercado

Durante décadas, o queijo serrano não pode ser comercializado, é que existe um grande lobby de deputados em todas as esferas para intocar a grande indústria de laticínios.

Mas a história está mudando.

O secretario da Agricultura Velocino Salvador Bolzani Neto (PT) juntamente com o Deputado Dirceu Dresch (PT) e alguns produtores rurais da nossa Região Serrana acompanharam a votação que aprovou o Projeto de Lei (PL) 316/2015, que estabelece critérios para a produção e a comercialização do queijo artesanal serrano e definir em lei uma denominação de origem a nosso produto típico da nossa região.

Há uma perspectiva muito grande de procura do tradicional queijo Serrano por pessoas que moram aqui em São Joaquim ou que estão em outras cidades, mas que já o experimentaram o queijo serrano. Isso é extremamente importante. Vale pontuar que isso funciona em várias regiões do mundo, especialmente na Europa, onde há experiências maravilhosas nessa questão de produtos regionais.

A medida beneficia 2 mil produtores dos 18 municípios que mantêm a tradição do queijo serrano. A finalidade é adequar as normas à legislação vigente no estado e definir em lei uma denominação de origem a um produto típico da nossa região da serra.
Projeto importante para legalizar, agregar valor, valorizar a cultura e organizar a cadeia produtiva.

Para 90% dos produtores de queijo da região, o queijo Serrano é uma grande fonte de renda da agricultura familiar.
Com denominação de origem, o queijo serrano, têm potencial para transformar a economia de São Joaquim e toda região, por meio da geração de emprego e renda. É um queijo produzido há gerações na Agricultora Familiar.

Nevoeiro congelado é nova modalidade frio em São Joaquim

Novidade para quem já passou todo o tipo de frio neste inverno rigoroso. Agora tem até um tal de nevoeiro congelado. Nunca antes visto na história de São Joaquim, afirmou o climatologista Ronaldo Coutinho. A novidade, aliado a geada, trouxe ainda mais sensação de frio para quem encarou as ruas e o campo na manhã de hoje.

Em São Joaquim a temperatura 3.4ºC abaixo de zero. Santa Catarina tem o quinto dia negativo e 42 no ano com 58 dias com geada.

Qualquer dia aparece nuvem congelada caindo na cabeça do cidadão. É só que falta!

?????????????
Nevoeiro congelado

 

São Joaquim é a melhor cidade para ver neve, afirma climatologista

O que as fotos e fatos e relatos sempre mostraram, mas que parte da mídia  ainda teima, foi postado hoje nas redes sociais:

Engenheiro Agrônomo e climatologista de larga experiência da um relato científico sobre o assunto em sua página no facebook, escreveu ele: “Pena que a mídia só concentra o foco em Urupema, em caso de neve São Joaquim é a melhor cidade para neve na área urbana, foi avisado.

O relevo de Urupema favorece a geada e frio intenso de baixada, em São Joaquim favorece a neve. Já observo isto a 18 anos. Tivemos neve (garoa de neve e neve fraca) por mais de 40 minutos, até o fim da manhã ainda poderá ter alguma garoinha de neve bem isolada.No momento tem muito vento, quase nublado e -1,4°C”, disse Ronaldo Coutinho.

Neves históricas tem fotos e relatos só vistos aqui:

Hoje faz 57 anos da maior neve no Brasil (Clique aqui)

Maior nevasca pode ter acontecido em 1912 (Clique aqui)

 

Nevou!

Chegou tímida, mas o frio…. Segundo a Climaterra a neve teve início ás 5h23min da Madrugada deste último domingo (17) e se estendeu por cerca de 43min na cidade de São Joaquim com a uma temperatura de -1.7ºC e com muito vento. A Sensação térmica chegou próximo de -10ºC.

A tendência é que a massa de ar polar perca intensidade a partir de terça-feira (19). As temperaturas entram em gradativa elevação e aos poucos o frio diminui no estado. (fotos São Joaquim on line)

Neve São Joaquim 2016 (3)neve-julho-sao-joaquim-2016 (18)

 

Chance de neve hoje em São Joaquim


DSC05320_1
Tá todo mundo dizendo!

Climaterra: Domingo: Intensa massa polar em SC. Céu claro a sol e algumas nuvens, pode ter intervalos de muitas nuvens a nublado entre o oeste a serra na madrugada/manhã, mais no planalto sul.Chance de neve no topo da serra na madrugada e manhã.

Sincelo nos cumes na madrugada e manhã. Nevoeiro isolado na madrugada e começo da manhã.

Climatempo: Todas as simulações de ocorrência neve feitas em supercomputadores da sexta-feira, 15 de julho, em diversos horários, confirmaram a possibilidade do fenômeno entre a tarde ou noite do dia 16 e a madrugada e manhã do dia 17 de julho. Nos mapas, a  mancha azul indica a região onde poderia haver queda de neve neste período.

Epagri/Ciram: De sábado a segunda-feira temperatura negativa e geada em SC. Na tarde e noite de sábado pequena chance de neve na serra.

Invernada brasileira

novo fazendeiro147707-640x480-1998Invernada. Os dicionários brasileiros até tentam traduzir o que significa, mas não conseguem: é onde “o destino galopa num sonho aporreado”, como canta o cancioneiro, ou ainda “chucrismo curtido na marca do tempo. Refaz invernadas de ânsias perdidas…”

Segundo a obra Genealogia Tropeira, volume 2, há diversos aspetos relevantes  apontados sobre a estância, onde os pesquisadores, servindo-se cada um deles de dados históricos e genealógicos, trançaram um perfil dos primeiros habitantes da Serra Catarinense e suas relações matrimoniais  entre colonizadores do mesmo nível social, político e econômico.

Ali, na invernada, se formou uma casta própria de origem européia, uma especie de feudo, capitaneado pelo antigos fazendeiros da Coxilha Rica, em Lages, para evitar  a miscigenação com classes sociais economicamente menos favorecidas.

A  estratégia não vingou por muito tempo a medida que começou o êxodo rural dos jovens para a cidade e os naturais apelos de relacionamento diferentes aos que estavam acostumados nos campos e nas invernadas na rude atividade pastorial. Quem ia estudar na cidade não retornava às origens ou voltava casado, à revelia da vontade familiar e tinha dificuldades de se estabelecer  e recuperar suas raízes campeiras, e concluindo que seu habitat de adolescência e de infância não lhes serviam mais, forçando o seu retorno à cidade.

Hoje o termo é usado mais para campos extensos para criação de gado.

Já conforme um dicionário on line, ficou assim:

s.f. Brasil. Região Sul. Pasto extenso, destinado à criação de gado e/ou de outros animais, geralmente, delimitado por barreiras naturais ou artificiais.
(Etm. Fem. de invernado)

s.f. Inverno de rigor excessivo; invernia.
Cujo mal tempo (neve, frio, vento etc.) se prolonga durante muitos dias.
Chuvas que se prolongam durante a estação.

“refaz invernadas de ânsias perdidas
encilha a vida no lombo do vento”.

Índios, depois gaúchos.

Muito se atribui a palavra gaúcho a cultura de Centro de Tradições Gaúchas, aos chamados CTG’s. Logo se pensa em uma cultura de estancieiros, grandes fazendeiros, riqueza e bonança. Mas não.

Foram principalmente os Índios coroados, chamados assim pelos invasores por uma característica do corte alto no cabelos, em forma de coroas. Eram eles caigangues que viviam norte do Rio Grande do Sul, de Caxias até parte de Santa Catarina. Etnias semelhantes (caigangues) viviam por todo o sul do hoje chamado Brasil e até a Argentina.

Os processos de influências culturais, aconteceram depois de décadas de conflitos e ações violentas pelo anos 1800.

Os índios mudaram os costumes, aprenderam a consumir carne de cavalo, no caso dos charruas, mais ao sul do RS, e mais tarde domá-los trazidos pelos espanhóis e utilizá-los no enfrentamento com os imigrantes.

Da região de Caxias do Sul, depois, com a colonização italiana fundiram-se hábitos com os poucos índios que não foram dizimados. Com os italianos chegou o chimarrão e o cultivo de erva-mate, por exemplo.

Os índios que sobreviveram, acuados cada vez em menores extensões de terra, se adaptaram e criaram a forma e o estereótipo do que é hoje a cultura gaúcha.

Alfred Heiler: Índios Coroados, Curitiba. Fotografia de 1876

Primeiro voo comercial Lages – Campinas é hoje

Jantar de lançamento do voo inaugural acontece na noite desta segunda-feiraO primeiro voo de Lages ao aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP), está agendado para hoje, terça-feira (28), excepcionalmente às 16h10min e está com os 70 lugares da aeronave lotados. A operação em Lages se dará por uma aeronave modelo turboélice ATR 72-600, com capacidade para 70 passageiros. Todas as exigências da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e Secretaria de Aviação Civil (SAC) foram atendidas pelo município.

Inverno começa hoje e ‘aquece’ economia da região

Lotto
Lotto

Início do Inverno 2016 começa hoje às 19h34 e vai do dia 20 de junho até 22 de setembro. Temperatura no centro em -3.8ºC segundo climaterra e -4.1ºC  no interior. Geadão de renguear cusco (foto). Renguear é quando o cão levanta uma das pernas a fim de de congelar a patinha, aí anda meio de lado, pra não congelar. Na economia, preço do pinhão em alta: R$ 350,00 saco do pinhão de 50 quilos, R$ 7,00 reais o quilo. Só que não tem mais pinhão, colhedores andam léguas para achar uma pinha: R$ 7,00 é o mesmo preço do quilo do boi vendido na última feira de remates em São Joaquim. Mas o gado tá sofrendo: só gelo e campos nativos queimados pela geada. Veterinários recomendam sal mineral para auxiliar na nutrição. Os animais vão sentir mais em setembro, com emagrecimento, a brotação nos campos volta só neste período. Na maçã, já são cerca de 500 horas de frio abaixo de 7ºC, importante para a maçã, que precisa de 700 horas no mínimo no período de dormência, marca que será batida em poucos dias. Isto elimina a incidência de pragas nos pomares, o que pode garantir uma boa safra em 2017. Se não houver geada tardia. Comércio vende bem produtos de frio, aquecedores elétricos sumiram das prateleiras na última semana, assim como a lenha. Também… Pousadas com reserva em nível satisfatório, mas deve ‘bombar’ com anúncios de previsão de frio e neve para os meses de julho e agosto. A parte ruim é que deve ter chuva acima da média segundo Epagri/Ciram. Consumo de carne gorda, soquete, fondue, vinho e cana em alta. \o/