Inverno começa hoje e ‘aquece’ economia da região

Lotto
Lotto

Início do Inverno 2016 começa hoje às 19h34 e vai do dia 20 de junho até 22 de setembro. Temperatura no centro em -3.8ºC segundo climaterra e -4.1ºC  no interior. Geadão de renguear cusco (foto). Renguear é quando o cão levanta uma das pernas a fim de de congelar a patinha, aí anda meio de lado, pra não congelar. Na economia, preço do pinhão em alta: R$ 350,00 saco do pinhão de 50 quilos, R$ 7,00 reais o quilo. Só que não tem mais pinhão, colhedores andam léguas para achar uma pinha: R$ 7,00 é o mesmo preço do quilo do boi vendido na última feira de remates em São Joaquim. Mas o gado tá sofrendo: só gelo e campos nativos queimados pela geada. Veterinários recomendam sal mineral para auxiliar na nutrição. Os animais vão sentir mais em setembro, com emagrecimento, a brotação nos campos volta só neste período. Na maçã, já são cerca de 500 horas de frio abaixo de 7ºC, importante para a maçã, que precisa de 700 horas no mínimo no período de dormência, marca que será batida em poucos dias. Isto elimina a incidência de pragas nos pomares, o que pode garantir uma boa safra em 2017. Se não houver geada tardia. Comércio vende bem produtos de frio, aquecedores elétricos sumiram das prateleiras na última semana, assim como a lenha. Também… Pousadas com reserva em nível satisfatório, mas deve ‘bombar’ com anúncios de previsão de frio e neve para os meses de julho e agosto. A parte ruim é que deve ter chuva acima da média segundo Epagri/Ciram. Consumo de carne gorda, soquete, fondue, vinho e cana em alta. \o/

Quase neve na Bariloche do Brasil

?????????????
Geada e o sol tímido das 11 horas

 

 

 

Série histórica de frio, a Serra Catarinense se comparou hoje a Bariloche, cidade próxima dos andes conhecida como destino de inverno.

Lá, hoje pela manhã os termômetros marcavam -9ºC.

Por aqui, neve? Só na próxima onda de frio forte. Hoje é assim o dia todo, máxima entre 3 e 5°C e geada severíssima amanhã com -7ºC e -9°C nas baixadas e vales, conforme Climaterra

Abaixo: temperaturas que ficarão para a história.

 

A imprensa não viu

Parte da imprensa (grande mídia) sempre anda de um lado pra outro em busca da melhor imagem, melhor reportagem e tal – claro. As vezes aportam em um local por motivos comerciais, mas perder uma imagem como esta dando sopa ontem na estrada mais bonita do Brasil, a  do Rio do Rastro, é uma dó!

Os tipos de lenha da Serra

O fogo é o centro da atenção na casa. E para manter essa chama acesa, tem que ter planejamento.

Há tipos de lenha que libertam mais calor do que outros e que com conhecimento e a combinação certa podem aquecer o ambiente por mais tempo.

Existe dois tipos de lenha: a macia ou de baixa densidade ou a dura de alta densidade. Na primeira, em nossa região serrana está o eucalipto e o pinus, mais comuns. Fazem mais cinzas que fogo, o pinus, por ter resina funciona como material inflamável, é ideal para começar. Ele liberta um calor forte, no entanto requer um reabastecimento mais frequente.

As mais duradouras e quentes, com intervalos de abastecimento mais longos são a aroeira e o bugre, que são encontradas em abundância na região – devem sempre ser coletadas as árvores recém caídas naturalmente. São densas e promovem um bom aquecimento.

Para o início do fogo nada melhor que as grinfas, ‘palhas caídas do pinheiro serrano, araucária’, intercalados com gravetos e pode-se até acrescentar lenha ecológica, que são prensados de pinus encontrados no comércio, mas não geram brasa por muito tempo.

Depois é só se aquecer, largar o pinhão na chapa, preparar o almoço. e dê-lhe prosa com uma canha.

Confira a matéria sobre o lenhador Osni (foto) feita um tempo atrás (Clique aqui)

 

 

 

 

 

Aquecedores somem das prateleiras

Com a onda de frio, ou melhor, a tsunami – não deu tempo pro serrano cortar a lenha. No comércio de São Joaquim os aquecedores mais populares sumiram das prateleiras.

Nem os proprietários esperavam tanta venda. Aquecedor em promoção não ficou nenhum, outros, sumiram em menos de três dias depois das lojas empilharem dezenas nas vitrines.

Nas ruas, camionetes com lenha eram vistos pra todo lado. Pouca gente na rua, os que eram vistos na pequena cidade estavam todos nos supermercados, a maioria na fila do açougue: “carne gorda, carne gorda por favor moço”.

Na rua, só turista este fim de semana.

Neve e frio de -11ºC em São Joaquim

Neve-agosto-012

 

E durma com um frio desse…

Neve: os modelos, hoje, indicam alta chance entre 10 a 12 de junho

Quebra de recordes de frio para junho ou mesmo absoluto, em SC

Mínimas entre -8/-11°C no topo da serra catarinense em junho

Entre -4/-8°C para a maioria das cidades

Nas cidades mais quentes entre -2/3°C

Geadas amplas, pode ter negativa ou perto (-3/2°C) em vários pontos do litoral em SC longe do mar e em boa parte do vale do Itajaí.  (Fonte Climaterra. Foto Glauco Silvestre)

Câmara recusa redução de salário alto

Vereadores ss$$Sob os holofotes da mídia e da sociedade a câmara de vereadores recusou o projeto proposto pelo presidente da Câmara Túlio Mattos (PP) para a redução dos salários do prefeito de R$ 14,8 mil para R$ 11 mil, vice-prefeito de R$ 7,4 mil para R$ 5 mil e dos vereadores de R$ 3,6 mil para R$ 1,5 mil.

Enquetes realizados por portais locais mostravam que cerca de 85% da população era a favor da redução.

O despreparo de alguns vereadores fica mais evidente quando até chamaram de ‘lixo’ uma matéria publicada pela imprensa local, que era, nada mais que a publicação do próprio projeto do vereador ‘na íntegra’, como o episódio risonho da alteração da rua Manoel Joaquim Pinto.

Na próxima semana, comerciantes já prometeram que outdoors serão espalhados pela cidade com a foto dos vereadores que votaram contra a redução.

A favor da redução do salário

Olavo Francisco Costa – PSD

Diomar Antunes – PPS

Tulio Mattos – PP (Autor do Projeto não votou por ser Presidente da Câmara)


Contrários a redução do salário

Vanor de Bettio – PMDB

Guinho Biolo – PMDB

Edson Andrade Tiriva – PMDB

Agenor Valim – PSDB

Antônio Baduí – PSC

Mauríco Yamashiro – PR