in

São Joaquim: Fruticultura falida, um luxo empresarial em cima da miséria do produtor rural

A produtora Rural Eliane Amaral definiu em poucas palavras o sentimento dos milhares de produtores rurais nesta última quinta-feira que souberam que o valor médio da maçã a ser pago para os que produzem a melhor maçã do Brasil.

As primeiras empresas a abrirem o mercado ofertaram o valor que ficou na média de 67 centavos pagos por quilo bem abaixo do valor médio do custo da produção que beira em torno de 80 centavos o quilo.

Tal ação de menosprezo das empresas compradoras pela maçã levou os produtores rurais a se manifestarem contrários a maior queda de preço da história e que pode levar não somente os produtores a bancarrota, mas o sustento de milhares de famílias e compromete, ainda, a economia de toda uma região.

Simulação preliminar feita em relação ao valor lançado no mercado

Preço da maçã de São Joaquim apresentada nas gôndolas dos supermercados afora

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Apae de São Joaquim irá receber veículo adaptado

Chimba um exemplo de Segurança em São Joaquim completa 37 anos de idade