Epagri capacita agricultores de Curitibanos em cultivo sustentável de hortaliças

Agricultores e técnicos conheceram o Tomatorg – Sistema Orgânico de Produção de Tomates em Santa Catarina.

O tomate é uma das hortaliças mais difíceis de produzir no sistema orgânico e, por isso, foi o tema de uma capacitação sobre cultivo sustentável de hortaliças realizada pela Epagri em Curitibanos. No dia 18 de agosto, 46 agricultores e técnicos do município assistiram a uma palestra com o pesquisador Rafael Morales, da Estação Experimental da Epagri de Itajaí, sobre o Tomatorg – Sistema Orgânico de Produção de Tomates em Santa Catarina. “O tomate ficou como representante das hortaliças neste trabalho, mas as tecnologias descritas servem para a produção de outras espécies”, explica a extensionista Juliana Golin Krammes, da Epagri de Curitibanos.

Os participantes aprenderam a fazer o cultivo protegido de hortaliças e conheceram todas as etapas do processo, incluindo a escolha correta do local, a construção do abrigo, o manejo da irrigação e da adubação e o plantio direto. “A produção de hortaliças em abrigos é uma importante ferramenta para a produção orgânica, mas também uma alternativa para a produção convencional, com retorno financeiro que cobre os custos do investimento no primeiro ano de cultivo, desde que sejam seguidas as recomendações técnicas”, reforça Juliana. A capacitação foi realizada com apoio da Amurc, da Cresol, da Coper Planalto Sul e da prefeitura.

Tecnologias descritas pelo pesquisador Rafael Morales servem para o cultivo orgânico de diversas hortaliças

Como produzir tomate orgânico

O Tomatorg é um sistema orgânico de produção de tomate desenvolvido pela Estação Experimental da Epagri em Itajaí (EEI). O sistema discrimina todas as práticas culturais necessárias para produzir tomates orgânicos, entre elas a produção em abrigos, a adubação com base em composto orgânico, a enxertia, o uso de biofertilizantes e de agentes de controle biológico.

Essas tecnologias possibilitam que alguns produtores obtenham rendimentos superiores a 80t/ha – o dobro do observado comumente nos cultivos orgânicos do Estado. O sistema desenvolvido pela equipe de Itajaí é resultado de 16 anos de trabalho de experimentação agrícola, pesquisas participativas com produtores tradicionais de tomate orgânico e da experiência de técnicos envolvidos com a cadeia produtiva.

Na comparação com o sistema convencional, a adoção do Tomatorg reduz custos e aumenta o lucro líquido do produtor

Mais lucro na produção orgânica

Um estudo da Epagri comprovou que, na comparação com o sistema convencional, a adoção do Tomatorg reduz custos e aumenta o lucro líquido do produtor. O experimento demonstrou que o custo de produção por planta pode cair de R$ 4,58 no sistema convencional para R$ 3,38 no Tomatorg. Como consequência, o lucro líquido do produtor que aderir ao sistema orgânico criado pela Epagri aumenta em 2,7 vezes.

A Epagri disponibiliza para livre download uma publicação com orientações para quem deseja implantar o Tomatorg. Clique aqui para baixar o boletim técnico Tomatorg: Sistema Orgânico de Produção de Tomate em Santa Catarina.

Fonte: Epagri

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.