in

Geada com -2.1ºC em São Joaquim e sequência significativa de mínimas no mês agosto

O município de São Joaquim, no alto da Serra Catarinense voltou a registrar geada durante o amanhecer desta sexta-feira (17). A geada já começou a se formar na noite anterior e já durante o período da manhã os campos estavam todos brancos nas baixadas com uma significativa camada de gelo que recobriu não só os campos, mas também os automóveis nas ruas, além do congelamento da superfície d’água.

De acordo com o Climaterra esse foi o décimo terceiro dia seguido em que a mínima absoluta no topo da serra fica abaixo de 2,0°C (10 foram negativas), maior sequência seguida já registrada de mínimas inferiores a 2,0°C no topo da serra em muitas décadas, possivelmente só em 1978 é que pode ter dado algo parecido. Abaixo os dias e a temperatura mínima.

05 -2,1 S.Joaquim/F.Keiser
06 -4,2 B.Jardim/F.Keiser
07 -3,8 B.Jardim/f.Keiser
08 -3,8 B.Jardim/F.Keiser
09 -0,5 Urupema/M.torres*
10 -1,7 Urupema/M.Torres*
11 0,4 Urupema/M.Torres
12 -3,3 S.Joaquim/F.Keiser
13 -3,7 B.Jardim/F.Keiser
14 -4,2 Painel/G.Hugen e F.Keiser
15 0,4 B. Jardim/F.Keiser
16 1,4 B.Jardim/F.Keiser
17 -2,1 S.Joaquim/F.Keiser

*Epagri

 

Mínimas até agora em SC:

-2,1 S.Joaquim/F.Keiser
-1,1 B.Jardim/F.Keiser
0,2 Painel/G.Hugen e F.Keiser
0,7 Frei Rogério*
0,8 Fraiburgo*
1,7 Urupema/F.Keiser

*Epagri.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

PREVISÃO DO TEMPO NOS DIAS 17 A 20 DE AGOSTO DE 2018.

Urupema – a “Cidade mais fria do Brasil” recebe selo de investimentos do Ministério do Turismo