in

Paloma Carvalho a paixão pelo tradicionalismo e a garra de uma jovem e bela laçadora

Uma dócil menina que aprendeu desde pequena a amar os tradicionalismo, mantém um imenso amor pelos animais, ela é um exemplo de inspiração para muitas mulheres em São Joaquim ao demonstrar onde a coragem e a determinação podem levar… E foi assim que a jovem joaquinense Paloma Carvalho se tornou hoje um admirável destaque nos torneios de laço impulsionando a coragem, a beleza, a garra e a determinação feminina…

Paloma Carvalho, que é modelo na Agência V Models,  foi clicada recentemente pelas lentes da fotógrafa joaquinense Sandra Rosa, confira as imagens:

 

Paloma Carvalho

Três musicas que você ama ouvir:

Paloma: Sonho em flor – Luiz Marenco; Contraponto – Cristiano Quevedo; Perfect – Ed sheeran

 

Qual sua comida favorita?

Paloma: Lasanha, pizza e churrasco com maionese

 

Voce coleciona algo?

Paloma: Alguns troféus

 

Um prazer:

Paloma: Laçar

 

Qual filme marcou a sua vida?

Paloma: Cavalo de Guerra

 

Qual a sua relação com a fotografia?

Paloma: Sou muito fã de fotos, pelo fato de eternizarem momentos. E atualmente faço como hobby alguns trabalhos como modelo fotográfica.

 

 

 

Um livro pra ler antes de dormir:

Paloma: O amor venceu – Zibia Gasparetto

 

Se pudesse viver em qualquer lugar do mundo onde seria?

Paloma: Sempre quis viver em uma fazenda.

 

Quais as 3 contas de instagram que devemos seguir?

Paloma: Mulher gaúcha; Casa dos espíritos; Precisava escrever

 

Você se considera uma pessoa da cidade ou do campo?

Paloma: Apesar de morar na cidade, sou muito mais do campo.

 

Qual seu look básico para o dia favorito?

Paloma: Jeans, calçado e blusa confortáveis.

 

Cite 3 coisas que estão na sua lista de desejos:

Paloma: Chegar ao doutorado (em alguma área da Medicina Veterinária); Ser bem sucedida tanto profissionalmente quando pessoalmente; Participar de muitos rodeios e  campeã de títulos importantes no laço (quem não sonha não chega )

 

O que você faz pra ficar em forma?

Paloma: Tento controlar a alimentação e gosto de dançar;

 

Qual seu sonho?

Paloma: Quando criança dizia que meu sonho era ser médica veterinária, como esse está próximo de se realizar, meu conceito de “sonho” agora tem um ar mais impossível porque sonho muito em viver em um mundo sem maldade.

 

Qual sua profissão?

Paloma: Atualmente sou acadêmica de medicina veterinária e também modelo fotográfica do casting da agência V models.

 

Signo?

Paloma: Leão

 

Uma frase:

Paloma: “Quem sabe o que planta, não teme a colheita.” ( L. Lins)

 

Ator e atriz preferidos:

Paloma: Ator: Channing Matthew Tatum; Atriz: Emilia Clarke

 

Uma inspiração:

Paloma: Minha família.

 

Uma paixão:

Paloma: Vou citar a leitura, embora tenha muitas outras paixões.

 

Como foi a sessão fotográfica e a gravação?

Paloma: Foi mágico, me senti muito a vontade, tanto pela fotógrafa, quanto pelo lugar e as pessoas que me ajudaram, em especial minha mãe, e inclusive tenho que expor minha enorme gratidão a todos da Fazenda Castanheiro – Painel, que fazem sempre com que eu me sinta em casa, são pessoas de um coração enorme, de um capricho de dar inveja, e que não medem esforços para ajudar sempre. Muito obrigada!

 

Durante o ensaio disse que laçar se torna mais fácil com a pratica, o que você diria para as meninas que também amam tudo isso mas não tem coragem de laçar?

Paloma: Sempre busco incentivar mulheres que gostam disso, acho lindo mulheres de todas as idades laçando e admiro muito cada uma delas, porque eu sei o tamanho do preconceito que tivemos e temos que enfrentar para estar nesse meio. Então eu digo: Experimentem, mesmo com medo. Tenho certeza que depois da primeira a coragem e a paixão aumentam e é impossível largar.

 

O que define você? 

Paloma: Sou muito determinada e sonhadora, sou bem “versátil” tento me adaptar a todos os ambientes, e comigo não tem frescura. Tenho muita empatia pelas pessoas e pelos animais e sempre procuro ajudar e fazer o bem. Fui criada por grandes pessoas e me inspiro muito na honestidade e caráter da minha família. Acredito que o mal a gente deve retribuir com o bem, porque a vida sempre da mais do mesmo.

 

Quantos títulos você já conquistou em rodeios e com quantos anos começou a competir?

Paloma: Comecei aos 13 anos de idade, não sei exatamente quantos títulos já ganhei , mas tenho uns 40 troféus em casa, e, por cima acho que mais de 150 títulos nesses 7 anos de caminhada, entre esses laço prenda, laço pai e filha, individual, participação, equipe e prova de rédeas, sendo premiações de 1º até 5º lugar em algumas vezes, o laço é sempre uma surpresa, a gente conta muito com a sorte além de tudo, é uma série de fatores independentes que precisam dar certo pra uma laçada ser bem sucedida,  tem dias que nada da certo e laço muito mal e tem dias que ganhamos, por isso eu sempre digo que ninguém é invencível e todos devem manter a humildade. Ganhar não é o mais importante no rodeio, estar entre amigos e família, preservar a nossa cultura do tradicionalismo e participar já é uma grande vitória pra mim.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

PREVISÃO DO TEMPO NOS DIAS 17 A 20 DE MAIO DE 2018 E TENDÊNCIA PARA O FIM DO OUTONO/MEADOS DO INVERNO 2018.

Com mínima de 1,1ºC – São Joaquim registra formação de geada nas baixadas