in

Entrevista: com a modelo Nathalia Costa ela fala sobre sua trajetória, o mercado de trabalho para modelos e os planos futuros

Dona de um rosto belíssimo  e de um corpo mega fotografado, Nathalia Costa já esteve e continua no alto escalão das modelos brasileiras. Sempre foi  clicada por fotógrafos disputadíssimos, Nathalia é de uma simplicidade e simpatia tão incríveis quanto sua fisionomia. Desde seus 13 anos quando a Joaquinense  foi descoberta  ela estampa capas de revistas e campanhas com seus impressionantes olhos azuis.

 

Modelo sempre vai ser uma profissão lindíssima, uma profissão de oportunidades, só saber agarrá-las e se comportar de maneira educada, gentil, sempre sabendo suas raízes. Quando uma pessoa sai de suas raízes, em qualquer profissão, tudo pode dar errado. (Nathalia Costa )

 

CONFIRA A ENTREVISTA 

Quando e como você descobriu a profissão de modelo?

Nathalia : Quando eu tinha 13 anos de idade minha mãe enviou algumas fotos para o concurso da revista Carícia, uma revista Teen (adolescente) da época. Recebemos uma ligação avisando que eu tinha ficado entre as 30 candidatas que já saíram na revista, sendo uma pré seleção do concurso. Logo recebemos outra ligação falando que eu estava entre as 10 finalistas e teria ir para São Paulo.

Em São Paulo as agêcias Mega e Elite faziam o papel de jurados ficamos por lá uma semana, indo em salão de beleza onde pela primeira vez fiz luzes no cabelo, legal dizer que também foi minha primeira viagem de avião. Após uma semana aconteceu uma festa de encerramento onde me escolheram garota Carícia 1997 e logo já fui contratada pela agência Elite.

 

Quais países já visitou e/ou morou? Conte uma dessas experiências bacanas para os leitores do DellaRosa.

Nathalia : Quando eu tinha 14 anos foi meu primeiro desafio, ir passar um mês no Chile na agência Elite de lá, logo já fui trabalhar no Peru, lugar que fui umas 8 vezes se me recordo. Com 15 anos fui chamada por uma agência de NY onde residi até 2008, totalizando 8 quase 9 de moradia. De NY viajei por muitos lugares, como a vida de uma modelo é passar temporadas em diferentes países trabalhando posso dizer que morei 4 meses no Japão, 6 em Paris, Alemanha, Milão – Itália, Espanha passando por Madri, Barcelona, Maiorca entre outros lugares, África do Sul, Ilhas Maurícias também África, México, ilhas do caribe como San Bart, Bahamas, Jamaica, também já conheci a Suíça, enfim, entre outros países ao redor do mundo, acredito totalizar uns 30 países ou mais.

 

 Onde você mora atualmente?

Nathalia : Atualmente moro em Florianópolis, cidade que amo.

 

Geralmente o público acha que a vida de modelo é super glamourosa. Que glamour você deixou entrar na sua rotina? E o que não é nada glamouroso na vida de modelo?

Nathalia :Certamente glamour é poder ser maquiada por profissionais maravilhosos que nos deixam com aparência de glamour (hehehe), viajar por lugares incríveis sem pagar nada e ainda ganhar por isso, glamour total. O que não é glamour, ficar longe de amigos e família por muito tempo, como já fiquei um ano sem vir para o Brasil, e hoje, ficar longe de meus filhos. Também não acho glamour mostra um corpo perfeito sem ser saudável, como na minha carreira já presenciei muitas meninas fazendo regimes malucos. Glamour é emagrecer com saúde e comer o que se tem vontade, tudo em equilíbrio sem excessos.

 

 Para quais marcas nacionais e internacionais você já fotografou?

 Nathalia : Não vou conseguir citar todas aqui, são 21 anos de carreira, 10 morando fora e mesmo morando no Brasil sempre viajei, então não tem como falar, segue algumas. Ralph Lauren, Gap, Roberto Cavalli, Nívea, Dove, Wella, Loreal, Laura Biagiotti, Zoomp, O boticário, Brahma, Renner, Mrisa, várias capas de revista, não sei quantas ao certo, Morena Rosa, Maria Valentina. Enfim, muitos trabalhos.

 

Você tem bastante experiência como modelo fotográfico. Com quais fotógrafos mais gostou de trabalhar?

Nathalia :  Foram muitos também, muito fotógrafos maravilhosos, Mario Testino, Bruce Weber, Stivem Meisel, Peter Lemburg, Kenneth Willardt, Patric Demarchelier, Bob Wolfenson, J.R. Duran, Luis Crispino, Gustavo Zylbersztajn,  Serapião, André Schiriló, Gui Paganini, Walmor de Oliveira, jeferson caldart, Marcos Medeiro,entre outros, já que são muitos não tem como recordar e por todos qui.

 

 Como enxerga hoje o business das modelos?

 Nathalia : Modelo sempre vai ser uma profissão lindíssima, uma profissão de oportunidades, só saber agarrá-las e se comportar de maneira educada, gentil, sempre sabendo suas raízes. Quando uma pessoa sai de suas raízes, em qualquer profissão, tudo pode dar errado. O apoio da família sempre será a melhor solução em todos os casos.

Ser modelo é como sair do seu conforto de dentro de casa, da sua proteção para arriscar tudo, com isso a pessoa se torna independente, criativa, uma pessoa sem medo que adquiri muito mais  vivencia pelo mundo.

Hoje e sempre uma profissão que indico, pois nada se compara, porém não serve para todos, pois muitas não aguenta a pressão, solidão, independência muito cedo, medos etc.. e desistem em qualquer obstáculo, já que o conforto e colinho de mão é bem melhor.

 

Você sabe estimar quantas capas você já fotografou?

 Nathalia : Não sei dizer.

Quais são seus cuidados de beleza?

Nathalia : Tomar água sempre, comer o que tem vontade moderadamente, nada de dietas malucas, malhar, pois academia e esportes são sempre parte do bem estar estético e da saúde,e claro ser feliz, mas para isso fazer o que se tem vontade e não o que outros acham certo para você. Siga sempre seu coração, pois ele é intuitivo e sabe a resposta certa.

 

Quantas línguas você fala?

 Nathalia :Português e Inglês fluente.

 

O que você mais usa p se vestir no dia a dia ?

 Nathalia :Roupas que me deixam confortável, amos tênis de todos os estilos, uso com vestidos também e leggings

 

E sua alimentação?

Nathalia :Saudável, muita salada, ovo, comidas do dia a dia tipo feijão eu amo, porém não deixo de comer coisas se tenho vontade, um hambúrguer no fim de semana por exemplo, mas deixo mesmo para sair da rotina alimentar no final de semana, aquele sorvetinho, pipoquinha no cinema etc…

Acredito mais em uma rotina saudável, onde o corpo e a mente aprendem a comer coisas saudáveis e não apenas em dietas, para mim comer ovo e salada no jantar é normal para mim e não considero isso dieta.

 

Quais são os planos  para o futuro?

 Nathalia : Futuro é sempre incerto, a Deus pertence, por isso as coisas que planejamos muitas vezes mudam o rumo. Porém, hoje faço minha terceira faculdade, já que sou formada em Relações Internacionais com pós graduação em Marketing e agora faço Letras em Inglês. Adoro dar aulas de inglês, consegui conciliar ano passado e agora dou aula em uma escolinha para crianças, realmente descobri algo que amo, contudo, como das outras vezes que tentei fazer algo diferente a profissão modelo sempre me chama, não consigo assumir aulas todos os dias, pois ou vou dar aulas de inglês ou sou modelo, então vou aos poucos dando aula e aprendendo algo novo que amo até o dia que isso vire minha nova e única profissão.

No entanto, como eu disse, o futuro é um caminho desconhecido.

 

Quais dicas você dá para meninas Joaquinenses  que sonham com a carreira de modelo?

 Nathalia : Vou ser super sincera aqui, não gosto de iludir ninguém e vejo que muitas pessoas iludem meninas para fazer um book e cobrar 2 mil reais, estão cobrando 2 mil para fazer books de crianças e já escutei que estão dizendo que elas poderiam ganhar até 15 mil reais fazendo campanhas publicitárias. Isso não é verdade, pois 15 mil é um cachê considerado bem alto no mercado hoje, já não pagam mais como antigamente, e esse valor pagariam hoje somente para meninas, ou homes, que viajaram, moraram fora, tem campanhas de marcas super conhecidas enfim, modelos com currículo, pois quem ganha um milhão de reais seriam modelos do nível Gisele Bundchen.

Outra coisa importante é saber que altura mínima de uma modelo seria 1.70, porém 1.70 é baixa no mercado, não seria considerada modelo fashion e sim comercial, e uma modelo comercial tem que ser bonita, pois muitas vezes a menina é bonita mas não o suficiente para ser modelo, e as vezes é bem alta mas também não serve, então antes se jogar mundo a fora é bom analisar bem isso e saber escutar os nãos, pois mesmo sendo modelo a frase “não serve”  é escutada todos os dias, isso não é para ficar triste é a realidade do mercado. Uma modelo muitas vezes nunca é boa o suficiente, alta o suficiente ou bonita o suficiente ou até loira o suficiente, é um mercado que exige muito, acho que a única que é boa o suficiente é a Gisele mesmo (ehhehe), e também deve ter escutado muitos não no começo.

 

Qual é a sua concepção de família?

Nathalia : Amor, união, respeito, doação, cumplicidade.

 

Quais as supermodelos que te inspiraram quando você começou a sua carreira de modelo?

Nathalia : Gisele, Claudia Schiffer, Cindy Crowford, Adriana Lima, Heidi Klum, Elle Mecpherson, Laeticia Casta, Eva Herzegovina.

A maioria foram as super models, já que depois com a chegada da Gisele, o termo mudou para Top Models.

 

Se você pudesse viver em qualquer lugar do mundo, onde seria?

 Nathalia :Onde estou hoje, pois estar aqui é opção minha, por isso voltei, já que eu poderia estar em NY ou em qualquer outro lugar.

 

Um livro para ler antes de dormir?

 Nathalia :As 7 leis espirituais do sucesso (DEEPAK CHOPRA) leitura para a vida, se tornar uma pessoa melhor, parar de julgar os outros, cada um é como deve ser.

 

Qual sua comida preferida

Nathalia : Polenta, sushi e salada.

 

Um prazer ?

Nathalia : Estar com meu filhos e familiares.

 

Qual é o seu mantra ?

 Nathalia :Está escrito no meu intasgram:

“Happiness is up to you”

“A felicidade só depende de você”

N
“A felicidade só depende de você”(Nahatalia Costa)

 

Como você enxerga o Brasil nessa questão da educação ?

 Nathalia :Atrasados na questão que educação boa deveria ser gratuita, porém em evolução. Os verdadeiros guerreiros são os professores que precisam amar muito a profissão para educar pessoas, já que não são valorizados, os salários são baixos. Um bom professor gera um bom aluno que gera um bom ser humano.

Educar crianças é um desafio já que qualquer grito, qualquer deslize pode prejudicar esse serzinho para o resto da vida, qualquer frase do tipo “seu desenho está feio” pode prejudicar essa criança, nós professores, me incluo nessa já que estou estudando educação, devemos ser amorosos e ter a palavra certa na hora certa, pois as crianças vem de casa com seu problemas, precisamos enxergá-las e ajudar da melhor forma, já que muitos pais não aceitam os desvios, erros, falhas ou melhor de todos a imperfeição de seus filhos, os pais devem sempre crer que seus filhos são bons mas que existem condutas inadequadas em certos momentos  que todos somos imperfeitos. Os professores quando dizem algo aos pais é algo para melhorar nunca criticar. Um professor é um pouco psicólogo, li isso outro dia e achei interessantíssimo, por isso a matéria psicologia da educação está inserida na grade curricular.   Crianças e adolescentes são o futuro.

 

Quais aprendizados você aplica na própria vida com seus filhos ?

 Nathalia : Ser pessoas boas, com energias sempre positivas, nunca ser negativo pois isso atrai negatividade. Nunca julgar, cada um é como Deus mandou ser, e quando for julgado perdoar, o perdão é sempre o melhor caminho, as pessoas julgam pois não sabem o que dizem, não conseguem olhar para si mesmo, quando criamos consciência de quem somos, dos erros que cometemos, paramos de olhar os erros dos outros e partimos para a nossa melhora.

Compartilho com meus filhos a ideia de que devemos aceitar as coisas que acontecem em nossas vidas como elas são, somente nós podemos mudar nossa histórias, não podemos culpar os outros e sim a nós mesmos.

Sempre digo, pense e reflita antes de agir.

 

Até que ponto a união e a presença da família  te ajudaram na construção do seu sucesso profissional ?

 Nathalia :Sem minha família, minha mãe querida, eu não seria quem sou.

 

Até que ponto os pais têm permissão para resolver pelos filhos o que eles devem ser? O que você pensa de pais que insistem para que as filhas sejam modelos , você que hoje é mãe de dois meninos . 

 Nathalia : É difícil julgar, cada um é como é, porém pais devem orientar seus filhos, não encher a cabeça com sonhos que muitas vezes não são realistas. Acho ótimo incentivar os filhos naquilo que percebemos que eles tem potencial, então seria melhor ter certeza que os filhos podem mesmo ser modelos antes de por isso na cabeça como algo certo.  Os filhos decidem o que querem ser não os pais, cada um deve ser feliz do seu jeito.

 

Sempre digo, pense e reflita antes de agir.(Nathalia Costa )

 

Nathalia e seus momentos “Mãe ” 

 

Projeto Olhares 2016 por Sandra Rosa
projeto Olhares 2016

 

 

“Momento com seus filhos “

 

 

Nathalia Costa estrela o fashion film da campanha verão 2015 da Tigrara , confira …

 

 

Algumas capas de revistas 

 

 

 

What do you think?

0 points
Upvote Downvote

Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0

Comments

0 comments

XIII Congresso de Educação do Município de Lages com lançamento de livros infantis

PREVISÃO DO TEMPO NOS DIAS 28 A 31 DE JULHO DE 2018.