in

DellaRosa- POR TRÁS DA CÂMERA, ENTREVISTA COM VIDEOMAKER DO PROGRAMA 50X1 DESTINOS ESPETACULARES

O programa 50 por 1, Destinos Espetaculares ,na Rede Record onde o apresentador Alvaro Garnero, mostra seu carisma e sua facilidade em transitar em diversos ambientes, do mais luxuoso ao mais popular, em diferentes países do mundo, com sua equipe que se desdobram nas gravações, enfrentam muitas vezes desafios para o grande sucesso com o quadro do Domingo Espetacular . A coluna DellaRosa, entrevistou Marcio Silveira que faz parte da equipe do programa desde 2013, você vai ouvir tudo sobre a vida o ritmo intenso de um videomaker e fotógrafo, por trás da câmera, a rotina de quem trabalha no mundo audiovisual, em qualquer ocasião, o câmera deve sempre buscar o detalhe, o inusitado.

DellaRosa: Já superou algum medo para realizar uma meta de trabalho ? 
Marcio:O medo de altura , já escalei uma parede a 400m de altura, saltei de paraquedas , dormi a 100m de altura.

Pura adrenalina…sair do comodismo ou conveniente faz parte. Merece os parabéns pela coragem em desafiar seus medos. Confira momentos de superação  e desafios na carreira de Marcio: 

DellaRosa:  Das viagens que você fez qual o momento mais difícil digamos que passaste ?

Marcio: Eu tenho um receio com altura , dormir pendurado a 100m do chão foi bem tenso, quase não dormi. tive pesadelo, sonhei que estava caindo. Foi no programa do 50 por 1 no sul da França.

DellaRosa: Quando começou a fotografar?
Marcio: Minha primeira câmera profissional foi uma Yashica analógica (com filme) que comprei em 2004 depois qdo entraram as digitais acabei doando a Yashica para um amigo e comprei uma digital acho que em 2008 , atualmente tenho uma Sony a6500 ,Canon 6D e uma T5I.

DellaRosa: Qual momento em sua carreira que mais te marcou ?
Marcio: Não tenho um momento específico, eu consegui fazer grandes eventos no Brasil e desde 2016 estou gravando o 50 por 1 que me deu a oportunidade de conhecer vários países.

DellaRosa: Por quantos países você já passou através do seu  na equipe 50×1 ?
Marcio: Começamos este novo formato do 50 por 1dentro do domingo espetacular na Record em 2016, a passamos por mais de 40 países.

DellaRosa: Um momento que marcou sua vida ? 
Marcio: O nascimento do meu filho Nicolas a 9 anos

DellaRosa: Videomaker quando Você começou está profissão  ?
Marcio: Acho que o profissional que não se atualizar vai ficar parado, eu comecei a trabalhar como caboman em 1996, depois assistente de câmera e depois operador de áudio,  quando entrou as câmeras Canon 5D no mercado de filmagens ficou mais fácil a junção das funções,  teve uma  virada muito grande no audiovisual, devo ter começado em 2013 como videomaker além de fotografo também.

DellaRosa: Há quanto tempo está na equipe 50×1 ?
Marcio: Eu comecei na temporada águas do Brasil em 2013 .

DellaRosa:  Quais seus maiores desafios nesta profissão ? 
Marcio: Estar sempre atualizado , é muito dinâmico , equipamentos novos a cada dia .

DellaRosa: Quantas horas de gravações por dia geralmente faz gravando o programa ?
Marcio: Normalmente gravamos enquanto tem luz do dia , em média 10h , mas depois ainda tem a parte no hotel, carregar baterias dos equipamentos , colocar o material gravado nos HDs e preparar para o dia seguinte.

DellaRosa: O que a arte significa para você ? 
Marcio: No caso da videografia , registrar cada momento e poder marcar a vida das pessoas, isso fica registrado por gerações.

DellaRosa: Uma comida preferida é qual comida nas viagens que você teve dificuldade de provar
Marcio: O meu pai era gaúcho de Santana do livramento, a comida preferida é o churrasco – no Brasil gosto também da comida mineira, nas viagens procuro provar tudo sem medo rsrs.

Na imagem junto ao Fabio Knoll, diretor do programa , cinegrafista em uma das  viagens para as gravações.

DellaRosa: Quais seus projetos futuros ? 
Marcio: Ainda estou gravando o 50 por 1,  ainda penso em fazer uma exposição de fotografia.

DellaRosa: Qual estilo de fotografia você gosta mais de registrar ? 
Marcio: Não sou muito bom em direção de modelos ou de pessoas , prefiro as fotos espontâneas , ficar de longe esperando o momento certo.

@marciosilveirafotografo

DellaRosa: O que sente quando fotografa povos diferentes pelo mundo ? 
Marcio: E prazeroso poder fotografar ou filmar pessoas, você deixa uma marca na história .

DellaRosa: Prefere para trabalhar gravar calor ou frio ?
Marcio: Eu prefiro trabalhar com o clima mais frio.

Acompanhe o  Domingo espetacular com o quadro do  50×1 Destinos Espetaculares todo domingo as 20:20 horas na Rede Record .

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Palestra com a queridíssima Josefina encerra a 12ª Semana Espírita no Centro Espírita “Servos de Jesus”

Estudo comprova que agrotóxico penetra além da casca de maçã produzida fora do Brasil