“Médico Ignorou meus sintomas, foi um milagre estar Viva” – Conta paciente que sofreu AVC após consulta.

O acidente vascular cerebral (AVC), popularmente conhecido como derrame, pode ser evitado na maioria das vezes, principalmente quando se tem acesso à informação.
Quanto mais rápido o paciente conseguir cuidado médico, maiores são as chances de recuperação, reconhecer os sintomas pode salvar sua vida. Conheça Ana Cláudia que sofreu AVC isquêmico, ficou muitos dias em estado gravíssimo,  isto tudo aconteceu um dia após ir ao médico particular e ser mandada procurar psiquiátrica, seus sintomas foram ignorados pelo médico que há atendeu em menos de 3 minutos e nem a analisou segundo a paciente, há um mês,  e hoje sem sequelas apenas em recuperação ela da uma entrevista a coluna Dellarosa para alertar as pessoas que quando sentiram sintomas ir em busca de um atendimento rápido, pois ela acredita que estar viva foi um milagre diante da demora em descobrir que estava sofrendo um AVC.

71321181_2367992659981345_86440245511323648_n
Dia 29/10, ontem foi dia do AVC!!!!! Eu sobrevivi, e estou aqui para salvar vidas, pois você sabia que a cada 6 pessoas UMA sofrerá AVC em algum momento da vida, e que a cada 5 minutos morre uma pessoa de AVC (isso no Brasil, pensa no MUNDO)! Esses números seriam menores se as pessoas conhecessem melhor os sintomas e procurassem com urgência um hospital ( apesar de muitas vezes nem o próprio médico não identificar os sintomas e te mandar embora dizendo que você tem apenas enxaqueca), relata  Ana Claudia Buss.

Ana Cláudia sentiu Sintomas graves na mesma manhã da consulta particular com o médico que a mandou embora procurar um psiquiatra, disse-lhe que seus sintomas eram de transtorno mental, mas assim que saiu sentiu mais intenso os sintomas, logo correu para o hospital super triste pelo que médico havia falado. Com muita dor cabeça não conseguia enxergar direito nem falar, escrever, então correu no Sus e quando fez a triagem a enfermeira a achou com pressão muito alterada a encaminhou para o médico do plantão, onde foi correndo para a ressonância e tomografia e a internou na mesma hora onde constatou que Ana tinha sofrido um AVC, foi muito complicado o caso dela ficou em estado grave alguns dias e por milagre não sofreu sequelas. Pois teve uma ruptura na carótida, no caso dela o rompimento da veia criado, o corpo tinha que reagir e reagiu muito bem o corpo conseguiu continuar a irrigar o cérebro para não deixar sem oxigênio estava com condicionamento físico bom, pois Ana Claúdia sempre praticava exercícios físicos se alimentava bem por isto a importância de se ter uma alimentação saudável, praticar exercícios.

Alguns Sintomas:

Deixar as coisas cair no chão a todo momento;
*Ter ilusões visuais;
*Enjoo;
*Dor de cabeça;
*Dormência na face, nas mãos ou paralisia em um lado do corpo;
*Perda de Visão ou visão embaçada;
*Dificuldade na fala ou até mesmo perda total da fala;
*Confusão mental;
*Tontura….
…em Ana Claudia por exemplo os sintomas começaram um a um, e foram aumentando, a dica eh que tendo ao menos 3 sintomas já procure o hospital!

COMPARTILHE, alerte sua família e amigos sobre os sintomas, AVC não tem idade, muito cuidado com as pessoas que fazem parte dos grupos de risco:
*Hipertensão
*Sedentarismo
*Colesterol Alto
*Dieta Ruim
*Obesidade
*Estresse
*Tabagismo
*Doenças Cardíacas
*Alcoolismo
*Diabetes
(Lembrando que Ana Claudia por exemplo não fazia parte desse grupo e tive um AVC, quem sabe por uso de anticoncepcional, mas não tem como saber o real motivo!)

Para quem quiser ver relatos de como aconteceu seu AVC tem tudo explicado neste vídeo:

 

 

 

 

 

Ana Cláudia agradece a todos que se sensibilizaram com seu grave estado de saúde há um mês e acredita que a fé as correntes de orações ajudaram em sua recuperação e sair do hospital milagrosamente sem sequelas, gratidão, finaliza a entrevista a Ana.

70996529_2297329647031244_989804028298788864_n

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.