in

Anelise Oliveira – Rainha do Clube Astréa se despede com o dever cumprido

Quem se despede do posto de majestade do Clube Astréa é a Rainha Anelise Oliveira Pereira, uma jovem de apenas 23 anos que teve a honra de representar o Clube desde 2017. Ela entregará o posto de Rainha para Schaiani Amaral Oliveira neste sábado (21) durante o cerimonial do Baile da Neve.

Filha de Antônio Alaor Pereira e Marilu de Fátima Oliveira Pereira, a Rainha Anelise Oliveira Pereira é uma médica veterinária que foi um standard a frente do Clube Astréa, com uma representatividade inigualável a jovem beldade demonstrou muito carisma, charme e beleza de uma Rainha perante um Clube Centenário. Grandes eventos como o Baile da Neve e Baile de Debutantes, onde a presença marcante da jovem Anelise Oliveira foram essenciais, mas nenhum outro se destacou tanto quanto o Carnaval em que a alegria, energia e motivação marcaram a trajetória desta nobre Rainha do Clube Astréa.

Anelise Oliveira Pereira

 

O que faz: Médica Veterinária

Hobby: Ler, sair com as amigas e assistir séries

Estilo de música: Eclético, porém tenho preferência pela música nativista e rock.

Como foi ter sido a Rainha do Clube Astréa: Ao primeiro momento fiquei muito surpresa e feliz, descobri que o papel de rainha do clube vai muito além do que aparenta ser. Nesse ano fiz grandes amizades, tive a oportunidade de me relacionar melhor com as pessoas e sou muito grata por essa experiência inesquecível.

Qual dos e eventos do Clube foi o mais marcante para você: Todos os eventos foram muito especiais, cada um a seu modo. Porém o Carnaval destacou-se pela alegria, por estar cercada de amigos e pela participação ativa das famílias joaquinenses.

O que espera do Baile da Neve 2018: Espero que esse evento único seja de muita alegria e reencontros.

Uma mensagem de despedida para o Clube Astréa: O sentimento de gratidão define esse momento de despedida. A oportunidade de representar nossa sociedade centenária modificou meu modo de perceber a importância de manter as tradições. E que isso só é possível quando as pessoas se doam em prol da sociedade. A todos que estiveram ao meu lado neste ano, meus sinceros agradecimentos.

Segundo Aristóteles, na sua obra Política: A aspiração à felicidade conhece um único caminho: a vida em comunidade. Fora dela não apenas não há chance para uma vida plena, como simplesmente é impossível qualquer vida humana. Quem se fecha na vida privada da família, do clube, do trabalho, da igreja nega a si próprio a possibilidade de ser plenamente humano.

Imagens Foto Argus

Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0

Comments

0 comments

Sessão Fotográfica “Permita-se” com Ethyene Melo Matos

A celebração da cultura nipônica em Lages no último sábado foi encantadora