O que me espanta: “a paciência dos joaquinenses e a cegueira da administração pública”, diz Ex-Governador

O Ex-governador de Santa Catarina Henrique Hélion Velho de Córdova demonstrou, na tarde desta quarta (26), a sua profunda insatisfação em uma postagem em sua própria rede social, lamentando sobre o estado das estradas e até mesmo sobre sinalização de trânsito que permanece ineficaz em São Joaquim, o ex-governador teceu um texto enérgico onde fez a seguinte observação:

Vou mencionar um fato que me espanta, por dois motivos: o primeiro, a paciência dos joaquinenses; o segundo, a cegueira da administração pública.” Disse Henrique Córdova

 

 

Moradores consertando trechos de estrada no perímetro urbano de São Joaquim
Moradores arrumando a estrada Estrada Caminhos da Neve no Boqueirão…

Veja a nota publicada na íntegra:

         Queixar-me, de que?

         Por Henrique Córdova

Jamais solicitei à Câmara de Vereadores de São Joaquim a municipalização, efetuada há anos, das estradas que, pela Fazenda São Luiz, demandam as margens do Rio Pelotas. Contudo, a absoluta e permanente ausência do poder público na manutenção e conservação de tais vias levou-me, por minha conta e risco, a substitui-lo, como até agora me foi possível.

As volumosas e constantes chuvas deste dezembro, sem precedentes de que me lembre, tornaram quase intransitáveis tais caminhos e não temos notícias de que o poder público municipal deles tenha tomado conhecimento… 

Antes que enverede pelas devidas reclamações, ou descambe para necessárias críticas, que ainda podem ser adiadas, vou mencionar um fato que me espanta, por dois motivos: o primeiro, a paciência dos joaquinenses; o segundo, a cegueira da administração pública. Não há semáforos na Cidade. Há cruzamentos, à indiana, onde só é possível atravessar a rua quando os pedestres fazem prevalecer a sua preferência nas travessias sinalizadas com faixas exclusivas para eles… Neles, em tais cruzamentos, já permaneci parado, atrás de veículos também parados, por quatro minutos… E livrei-me de alguns com sérios riscos, pois todos são perigosos, em face do grande e indiscriminado número de veículos que circulam pela Cidade ou a atravessam em todos os sentidos, até com pesadas cargas…

Por essas e outras, que serão objeto de pequenos e futuros comentários, é de lembrarmos, em relação a administração pública, o que há séculos disse Cícero, o maior orador romano de seu tempo, ao General Mário Sérgio Catilina:

Quousque tandem, Catilina, abutere patientia mostra?

Perdoem a citação. Perdoem o latim, que torna o conteúdo mais suave.
Afinal, com que razão queixar-me, se fui um dos responsáveis pela eleição dos atuais administradores do Município?

 

Na nota acima Henrique Córdova fez uma citação em latim em analogia a situação contemporânea de São Joaquim, na citação efetuada pelo sábio Grego Cícero ao General Catilina ele diz: Quousque tandem, Catilina, abutere patientia mostra? Que significa:  

Até quando, ó Catilina, abusarás da nossa paciência?

 

4 COMENTÁRIOS

  1. Até hoje não entendi porque o povo dessa terra não elegeu o Dr. Enrique pra administrar essa cidade, muitos municípios dariam tudo pra ter ele como prefeito e os nossos queridos irmãos rejeitaram . Acordem meus amigos ,deixem de torcer na política como se fosse futebol .

  2. Eu sou Joaquinense e moro fora da cidade há muito tempo e não entendo como após tantos anos seguidos o povo ainda não aprendeu a votar na competência e não em partidos.
    Lamentável

  3. Caro Rubens Tadeu;na minha opinião o nosso município está em boas mãos, não se pode fazer tudo de uma vez só, quisemos colocar pessoas Novas na administração de SJ, eu sou morador de São João do Pelotas e ja fomos atendidos uma vez com as entradas e agora ja estamos sendo atendido pela segunda vez e nunca vi uma administração publica tão empenhada e séria como essa. Se tem algum lugar que ainda não foi atendido podem ter certeza que não é falta de vontade, os funcionários da prefeitura trabalharam até ontem ainda, coisa ja mais visto antes, o pessoal esta levando a coisa a sério e ninguém ta brincando de futebol. Conheço os ideal do prefeito e ele sempre está preocupado em atender todo mundo de forma muito objetiva, e ele sempre prioriza as estradas que estão na pior situação. Mas temos que entender que o município é grande e estradas se terminam rapido com as chuvas. Mas tenham um pouco de paciência que com certeza até começarem a colheita da maçã ele manda as máquinas ai para São Francisco. Pelo que conheço da administração deles vocês não vão precisar reclamar muito tempo.

  4. São Joaquim perdeu seu futuro, quando não elegeu Henrique Cordova, na sua primeira candidatura a Prefeito.

    Nunca mais irá se recuperar ?

Deixe uma resposta para Rubens Tadeu Rodrigues Cancelar resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.