Beleza: Ares da primavera com a modelo Catarinense Victoria Bortolozzo

A modelo manezinha Victoria Bortolozzo é sem dúvida uma das mulheres catarinense mais bonita, embora não participe de concursos de beleza, ela esbanja um rosto angelical e um corpo lindo além da sua beleza interior, pois para quem á conhece sabe, mulher com jeito de menina doce, delicada, inteligente, de sorriso fácil e timidez simples, que leva a vida com leveza. Formada em Relações Internacionais, já morou no México, África do Sul e Arábia Saudita onde retornou ao Brasil há aproximadamente seis meses. Estava na Arábia Saudita, onde trabalhava como modelo fotográfico. Na África do Sul, trabalhou em ONGs. Então viu de perto como é triste a realidade de parte da população, e por outro lado, como é lindo o amor e dedicação de alguns para fazer a diferença no mundo. Victoria que sabe se expressar de uma forma única diante das câmeras e voltou com novos horizontes em seu caminho (“estar nessa carreira de modelo e buscar crescer, melhorar na vida profissional  e como ser humano”). Foi uma experiência incrível, onde tive a oportunidade de conhecer uma cultura muito diferente da nossa! Lá eu trabalhava muito para maquiadoras e estilistas, mas o que eu mais fazia era modelar de noiva, relata a modelo para a coluna DELLAROSA: Não poderia deixar de mostrar o talento e a beleza da Victoria, já tive oportunidade de trabalhar com ela em dois trabalhos em Florianópolis e foi das modelos mais marcantes no quesito beleza, humildade, delicadeza que já conheci com um potencial incrível além de admirá-la pelos seus  projetos que desenvolveu enquanto morava na áfrica do Sul (SandraRosa).

Ao perguntar os momentos que mais marcaram sua vida ela responde:

Alguns dos momentos que marcaram a minha vida, foram minhas experiências internacionais! Me fizeram crescer como pessoa, como mulher, como profissional e a ver o mundo de outra maneira. Sou apaixonada por diferentes culturas! Adoro cada detalhe… Desde a comida, da religião, dos costumes até a língua e seus dialetos. Amo muito os países que tive a oportunidade de conhecer e sou muito grata a Deus por isso… Fiz amizades incríveis, conheci lugares belíssimos e admiro muito a força e luta do povo. Claro que como todos os lugares, todo país além de suas belezas e coisas boas, tem também seus pontos negativos, e nesse quesito a África do Sul e a Arábia Saudita me marcaram muito pela desigualdade. Na África pela herança da segregação, pela extrema diferença social, pela falta de oportunidade para parte da população por conta da discriminação, pelo abuso infantil e falta de acesso à educação. Quando estive lá, trabalhei em ONGs. Então vi de perto como é triste a realidade de parte da população, e por outro lado, como é lindo o amor e dedicação de alguns para fazer a diferença no mundo. Já na Arábia, foi muito marcante a questão da discriminação com as mulheres.

Mesmo como estrangeira, eu tinha que andar sempre de burca e em certo lugares até tampar meu rosto (além dos cabelos, que sempre tinham que estar tampados pelo véu). Não podia ir em muitos lugares e não fazer certas coisas por ser mulher. No país, os direitos da mulher são muitos limitados, a Arábia Saudita é um dos países com maior desigualdade de gênero do mundo. Nos últimos dois anos houveram algumas mudanças significativas em relação ao direito das mulheres. Como em 2017, quando aprovaram a lei que permite que as mulheres possam dirigir. Eles foram o último país do mundo a fazer isso, e isso só ocorreu por causa do príncipe, que tem uma visão diferente e menos restrita. Hoje em dias elas já podem frequentar universidades, falam outros idiomas, já tem um pouco mais de direitos em relação ao casamento, são extremamente amáveis e acolhedoras.  Os árabes são extremamente generosos. Tenho grandes amigas muçulmanas e tenho muita admiração pela determinação e o força delas. Elas trabalham muito para se destacarem, não porque precisam, mas porque agora, elas podem e querem fazer a diferença.
Pensando na nossa realidade no Brasil, é triste ver que apesar de sermos livres para fazermos o que bem entendemos de nossas vidas, ainda há tanta corrupção, discriminação e falta de respeito.

Sobre Beleza Feminina :

A beleza feminina na minha opinião, é um conjunto de valores. A beleza está em diversas formas, cores, expressões e o principal, na essência! Externando o que é belo dentro de cada mulher. Cada uma tem seu próprio brilho, sua fé, sua força.. aí que está sua beleza!

Para você o  que representa a Primavera:

Pra mim, a primavera representa a vida, o renascimento. Como a natureza que floresce com toda a sua beleza. Representa um novo ciclo, onde as sementes crescem e tudo se renova.

Pensando na nossa realidade no Brasil, é triste ver que apesar de sermos livres para fazermos o que bem entendemos de nossas vidas, ainda há tanta corrupção, discriminação e falta de respeito (Victoria Bortolozzo).

 

Making Of trabalho na Arábia Saudita

Fotos de alguns trabalhos da bela modelo Catarinense.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.