Municípios passam a ter autonomia para definir sobre transporte, educação e eventos

Foto: Carlos Junior/ACIJ

A primeira vez que o governador Carlos Moisés pisou em Joinville, no Norte do Estado, depois do início da pandemia foi atendendo a pedidos de prefeitos e empresários da região. E a reunião rendeu frutos. O governador anunciou na manhã desta quarta-feira (27), que os municípios terão autonomia para definir sobre a retomada do transporte, educação e eventos, atividades ainda suspensas no Estado.

A medida passa a valer a partir da próxima segunda-feira (1º) e é tratada pelo Governo como uma divisão de responsabilidade e um tratamento compatível com as particularidades de cada região e município.

“Os municípios estarão à frente nessa gestão regionalizada no enfrentamento à Covid-19. O Estado entrega uma ferramenta aos municípios para que, como autoridades sanitárias locais, possam fazer o gerenciamento baseados na ciência, em dados. Assim, podemos ter ações desiguais em regiões e situações desiguais no Estado”, salientou.

O governador ressaltou que cada região poderá avaliar, de acordo com os números disponibilizados pela base de dados do Estado e disponíveis em ferramenta própria, a flexibilização e retomada dos serviços de transporte, educação e eventos. “Todos esses serviços seguem nessa mesma tomada de decisão, que será feita após avaliação da situação de cada município”, disse.

Moisés reforçou que cada município tem uma situação particular e, com a descentralização da tomada de decisões, é possível adotar medidas de acordo com a realidade.

Apesar disso, o governador destacou ainda que essa autonomia permite o endurecimento de ações de acordo com a escalada dos casos e mortes de cada cidade.

Reunião aconteceu na manhã desta quarta-feira (27), na Acij – Foto: Carlos Junior/ACIJ

O prefeito Udo Döhler afirmou que a flexibilização é essencial e, embora tenha admitido que há subnotificação de casos na cidade, acenou com o retorno das atividades. “A nossa expectativa é de que esses avanços aconteçam nos próximos dias”, disse.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.