YouTube lança plataforma de vídeos curtos no Brasil e aumenta presença no mercado

A maior plataforma de compartilhamento de vídeos do Brasil, o YouTube, vai crescer ainda mais por aqui. O lançamento da ferramenta Shorts promete focar na criação de vídeos curtos, e fazer com que mais pessoas possam produzir conteúdos neste formato no site. A ideia é que essa nova funcionalidade consiga desbancar o forte crescimento do TikTok, que foi o aplicativo que mais ganhou novos usuários brasileiros nos últimos meses. Além disso, é uma mostra de como os vídeos estão dominando as redes sociais.

Esse novo lançamento da Google no Brasil havia sido confirmado no início do ano, mas só virou realidade agora no mês de junho. Os testes da plataforma, que teve a versão beta lançada em 2020, foram realizados na Índia e nos Estados Unidos. Porém, agora em 2021, a ideia é que o YouTube Shorts ganhe terreno por aqui. Com cada vez mais pessoas criando vídeos na internet, essa novidade deve fomentar ainda mais a criatividade nas mídias digitais e em aplicativos da mesma categoria.

A criação de vídeos na internet é uma tendência em alta, e que está se transformando em uma tarefa cada vez mais fácil para as pessoas. Isso é possível por conta de plataformas que auxiliam na criação de conteúdos audiovisuais. Por exemplo, o editor de vídeo da Invideo é um software gratuito focado na criação e edição para as redes sociais e outros sites semelhantes. Além de possuir filtros e modelos, o editor online também conta com uma biblioteca de imagens livres de direitos autorais para os usuários. Isso motiva as pessoas que nunca fizeram vídeos a criarem algo profissional.

O YouTube Short tem um funcionamento quase idêntico ao TikTok. A plataforma vai aceitar vídeos de no máximo 60 segundos, e a ideia é que eles viralizem e consigam um alcance cada vez maior. A plataforma chinesa virou uma ameaça para o principal site de vídeos do país, após um rápido crescimento. Segundo pesquisa da empresa GlobalWebIndex, o TikTok já conta com mais de 7 milhões de brasileiros cadastrados e produzindo vídeos em formatos menores. Essa parece ser a tendência mundial, e que já está fazendo sucesso por aqui.

Mais vídeos e mais influenciadores

Essa nova plataforma deve abrir caminho para que mais pessoas criem vídeos na internet. Isso significa que mais influenciadores devem surgir no mercado, o que é também uma oportunidade inovadora para alguns. Segundo números divulgados pela Statista, o Brasil é o país da América Latina que mais possui influenciadores no Instagram. A pesquisa aponta que existem mais de 9 milhões de profissionais que atuam nesta área, e o número só cresceu nos últimos cinco anos. A expectativa é que ultrapasse a marca dos 10 milhões até 2022.

Aqui na região de São Joaquim, os influenciadores digitais também têm espaço e nós já contamos a história de alguns deles. Nos próximos meses, o YouTube Shorts irá fazer com que mais figuras da região consigam marcar presença na internet. Afinal, esse é o novo formato de comunicação e propaganda que funciona em um mundo cada vez mais digital e conectado.

O Shorts é mais uma rede social que deve ganhar popularidade por aqui, assim como já acontece nos Estados Unidos e na Índia. O conteúdo em formato de vídeo tem um forte alcance, e as pessoas possuem ferramentas gratuitas para criá-los da maneira mais profissional possível. Isso significa também que o YouTube vai aumentar a presença no mercado brasileiro, onde já possui uma grande popularidade. Os fãs neste formato de vídeos, e os criadores de conteúdo, só têm motivos para comemorar.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.