Saiba como identificar o Mormo

Arquivo/Ascom

O Mormo é uma zoonose (doença que pode ser transmitida ao ser humano) infecto-contagiosa, causada pela bactéria Burkholderia mallei. Se manifesta nos equídeos, grupo que envolve cavalos, burros, mulas, jumentos e asnos. A doença se manifesta de forma ainda mais grave nos asininos e nos muares. 

A transmissão comumente se dá pelo contato com animais doentes e com cochos/bebedouros contaminados. Entretanto, também pode ocorrer com o uso comum de agulhas, esporas, encilhas, rédeas e freios contaminados. 

Para o ser humano, o Mormo é transmitido pelo contato com animais, cochos e bebedouros contaminados  A infecção no homem pode causar uma forma severa de pneumonia de difícil tratamento, que pode levar a morte. 

Como identificar um animal com Mormo

  • Nódulos (caroços) pelo corpo que podem abrir e derramar pus;
  • Corrimento com pus e até sangue nos dois lados da nariz; 
  • Inchaço de pernas e patas; 
  • Dificuldade de respirar;
  • Emagrecimento.

Ainda, assim, o animal pode estar com a doença e não apresentar nenhum sinal clínico. Nestes casos, o quadro só será descoberto por exames de sangue. Não há tratamento e nem vacina para o Mormo, portanto, os animais infectados precisam ser sacrificados. 

Pela falta de tratamento conhecida, o único meio de combate a esse mal é a prevenção: 

  • Antes de adquirir equídeos, informe-se no escritório da Cidasc mais próximo sobre a necessidade ou não dos exames para identificação da doença; 
  • Evite transitar com seu animal por locais com ocorrência de mormo; 
  • Participe somente de eventos autorizados; 
  • Exija dos organizadores de eventos e do seu Responsável Técnico que todos os equídeos participantes possuam exames negativos de mormo dentro da validade e GTA. 

Somente médicos veterinários habilitados pelo Ministério da Agricultura podem fazer colheita de sangue para exames de mormo. Se tem suspeitas da doença, entre em contato com o escritório da Cidasc mais próximo. 

Por Assessoria de Comunicação – Cidasc

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.