Alunos da rede estadual receberão até R$1,5 mil a cada ano de estudo completado

O objetivo é estimular a frequência escolar dos estudantes em vulnerabilidade social e auxiliar aqueles que têm interesse em investir em equipamentos de tecnologia.

Alunos que estão cursando o Ensino Médio em escolas da rede estadual de Santa Catarina vão receber um auxílio financeiro como incentivo ao comparecimento nas aulas. O Programa Bolsa Estudante, divulgado com exclusividade pelo governador Carlos Moisés, no SCC Meio-Dia desta segunda-feira (20), deve repassar o valor de até R$ 1,5 mil para os alunos, divididos em várias parcelas.

Segundo o governador, o projeto será encaminhado para a Assembleia Legislativa de Santa Catarina, com várias ideias possíveis para a proposta, entre elas estão o pagamento de cerca de R$ 560 reais durante 11 meses ou ainda o pagamento de R$750 ao fim de cada semestre. Segundo o governador, a proposta deve alcançar cerca de 60 mil famílias em situação de vulnerabilidade em Santa Catarina.

De acordo com o Governo, o objetivo da medida é estimular a frequência escolar dos estudantes em vulnerabilidade social e também auxiliar aqueles que têm interesse em investir em equipamentos de tecnologia, atividades culturais, esportivas e de lazer.

Os índices de evasão e abandono escolar têm aumentado em Santa Catarina, principalmente na faixa etária correspondente aos alunos do ensino médio. Segundo o Governo do Estado, desde março de 2020, quando a pandemia do novo coronavírus começou, esses números alcançaram uma média de 4% em relação ao número de matrículas realizadas no início do ano letivo.

Os motivos para a implantação do Programa são diversos, como vulnerabilidade social, necessidade de inserção no mercado do trabalho para auxiliar na subsistência familiar, distorção entre idade e série e ainda o fluxo migratório dos estudantes.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.