Governo Bolsonaro confirma Copa América no Brasil e anuncia sedes

Foto/ divulgação

O governo federal confirmou a realização da Copa América no Brasil. Em publicação no Twitter hoje (1º), o ministro-chefe da Casa Civil, Luiz Ramos, divulgou que a competição será disputada no país, um dia depois de escutarem o pedido da Conmebol e da CBF.

Pouco antes, em evento da Fiocruz, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) já havia indicado a realização do torneio no Brasil. Ele ressaltou que a Copa América seguirá os mesmos protocolos que já vêm sendo adotados nas competições da CBF e anunciou quatro de cinco sedes: Mato Grosso, Rio de Janeiro, Distrito Federal e Goiás.

Segundo o UOL Esporte apurou, serão usados cinco estádios na competição. Em Brasília, que deve receber a abertura, inclusive, o Mané Garrincha é o palco escolhido. Ele tem no histórico recente jogos de Copa das Confederações, Copa do Mundo, Jogos Olímpicos e amistosos da seleção brasileira.

O Rio de Janeiro contará com o tradicional Maracanã, opção número um para a final da Copa América. Foi assim já na edição passada do torneio continental, em 2019, na Copa do Mundo 2014 e no torneio olímpico de futebol da Rio-2016.

No Mato Grosso, o estádio escolhido é a Arena Pantanal, que também foi construído para a Copa de 2014. Além do aval do governo estadual local, contou a seu favor a proximidade com Brasília, o que facilita deslocamentos das seleções envolvidas.

A principal novidade na Copa América é Goiânia, que ficou fora da rota dos torneios internacionais recentes envolvendo seleções principais, mas abriu o Mundial Sub-17, em 2019. Na competição que começa em cerca de 10 dias, os goianos entrarão com dois estádios: o Olímpico e o Antônio Accioly, usado pelo Atlético-GO.

Fonte Uol

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.