IGP realiza força-tarefa para acelerar a resposta da perícia em relação a crimes ambientais em SC

O ano de 2021 iniciou com a concretização de uma importante força-tarefa deflagrada pelo Instituto Geral de Perícias de Santa Catarina (IGP/SC). O foco da ação é intensificar os atendimentos de perícias ambientais nas regiões de maior demanda do estado.

Peritos criminais e agentes de perícia, especializados na área de meio ambiente e lotados em diferentes unidades do IGP, unem esforços para acelerar a resposta da perícia na elaboração e entrega de laudos periciais relativos a crimes ambientais que contribuirão com as investigações em andamento na Polícia Civil, Ministério Público e Judiciário.

Etapas

A primeira etapa da força-tarefa já está em andamento na região de Rio do Sul e conta com a atuação de servidores das unidades de Florianópolis, Palhoça, Lages e Chapecó. Nas primeiras semanas de janeiro já foram realizados mais de 30 atendimentos e existe a previsão de conclusão desses trabalhos e entrega desses laudos periciais até o final de março de 2021.

Crimes

Os principais crimes relacionados são danos cometidos contra a vegetação, ocupações irregulares e intervenções em diversas em áreas ambientalmente protegidas.

Os trabalhos terão continuidade ao longo do ano e visam também equilibrar a demanda e os atendimentos de perícias ambientais nas diferentes regiões de Santa Catarina.

Por Bruna Campos
Assessoria de Imprensa Instituto Geral de Perícias de Santa Catarina (IGP/SC).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.