Queda na safra 2020 do Pinhão, eleva preço

A safra do pinhão deste ano 2020 teve queda de 80% menor, quando comparada a uma coleta normal de pinhão. E com isso, o preço do produto aumentou consideravelmente em Santa Catarina. Com a safra menor, o preço aumenta para o produtor e se tornou pesado para o consumidor no mercado , embora seja uma fonte de renda crucial para produtores que arriscam suas vidas subindo em araucárias, e a colheita quando no modo tradicional é desgastante e sofrida, também, embora a produção seja pouca, agrega valor ao produto, somente porque a produção está baixa. Lembrando que a produção do pinhão é fonte de renda para diversas famílias dos municípios da região da Amures. Conforme relatam os produtores da região, principalmente do Painel, sendo que a safra do pinhão é um complemento da renda anual, e este ano muitas famílias estão com a receita menor, mesmo com o valor por kg mais alto, quase se colhe só para consumo das próprias famílias que o colhem;

“É relativamente normal ao longo dos anos você ter alternância de produção no caso do pinhão” haja visto segundo especialistas dizem que a explicação para esta queda da produção de pinhão, pode estar no clima. Estudos mostram que a polinização é uma época critica, o que pode ter alguma interferência e alterar o ciclo da produção, pois o desenvolvimento do pinhão leva em torno de dois anos e meio. Lembrando que uma araucária começa a produzir pinhão entre 12 a 15 anos de idade;

32ac5b384e6573bc15ce336b3b788918

dsc_5564__