Saiba o que acontece no seu corpo durante uma crise de enxaqueca

As mulheres são consideradas as principais vítimas desse tipo de dor de cabeça. Aprenda o que está por trás do incômodo
Todas são insuportáveis. Mas há diferentes formas de dores de cabeça: se ela for de leve a moderada, nos dois lados, você provavelmente tem uma cefaleia de tensão, que pode ser causada por stress emocional e muscular. Agora, se a dor for mais pulsátil, em apenas um dos lados, você pode estar sofrendo de enxaqueca, que pode atingir diversas partes do seu corpo.

Confira algumas delas:

Cérebro

  1. Antes mesmo de a dor começar, você já sente vontade de comer doces. Isso graças ao seu hipotálamo (responsável por coordenar sensações), que fica sensibilizado.
  2. Em seguida, seu campo de visão é invadido por pontos luminosos, gerados por alterações na região occipital do seu cérebro, localizada na parte posterior da cabeça.
  3. Agora uma área do tronco cerebral, chamada de gerador de enxaqueca, ativa o nervo trigêmeo, responsável pela sensibilidade da face.
  4. Seu centro de dor já está ativo. Apesar de ter a sensação de que seu cérebro está sendo perfurado, o órgão não pode, na verdade, sentir dor. São as suas meninges (membranas finas que revestem seu cérebro) que estão pedindo socorro.

Trato gastrointestinal

  1. Tudo que você engolir agora – incluindo medicamentos – não será bem digerido por seu estômago. Náuseas e vômitos podem aparecer.
  2. Além disso, é possível que qualquer coisa que já esteja no trato intestinal acabe em diarreia.

Sistema sensorial
Ele é o modo como seu cérebro está processando tudo. Estimulações comuns se transformam em grandes ameaças. Um abraço se torna dolorido; a luz do sol, intensa demais; o toque do celular, muito alto; e o perfume de uma amiga, insuportável.
Cognição
Para pensar direito, seu cérebro está, agora, ocupado demais, afastando esses sinais hipersensíveis. O cansaço mental faz com que tudo fique mais difícil.

Hormônios
A dor incentivou a produção de adrenalina, que pode provocar batimentos cardíacos acelerados, pupilas dilatadas e suor. Você também é invadida pelo cortisol, o hormônio do stress. Por sorte, a curto prazo, adrenalina e cortisol têm propriedades antidor.

Por Dr. Leandro Calia – Neurologista

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.