Vacinação em SC: Doses da Pfizer serão distribuídas nesta terça-feira para Capital, São José, Tubarão, Joinville e Blumenau

Fotos: Ricardo Wolffenbüttel / Secom

O Governo do Estado recebeu nesta segunda-feira, 10, nova remessa da vacina Pfizer. O lote com 39.780 doses chegou ao aeroporto de Florianópolis às 19h20 e foi recepcionado pelo secretário adjunto da Saúde, Alexandre Lencina Fagundes. Do aeroporto, as doses da vacina foram encaminhadas para a Central Estadual de Rede de Frio para a organização da distribuição, que começa nesta terça, 11.

“A chegada de vacinas sempre renova as nossas esperanças em ver o fim desta pandemia cada vez mais próximo. O compromisso do Governo do Estado é realizar uma distribuição rápida aos municípios. Ao mesmo tempo em que a população se vacina, não podemos descuidar dos protocolos sanitários”, ressalta o governador”, ressalta o governador Carlos Moisés.

“Todo o quantitativo de imunizante que chega a Santa Catarina tem uma importância muito grande, porque nos permite avançar nos grupos prioritários e, assim trazer mais segurança para a população catarinense”, destaca Alexandre Lencina Fagundes, secretário adjunto da Saúde.

Desta vez, em um primeiro momento, cinco municípios catarinenses vão receber as doses da vacina Pfizer. Para Florianópolis serão encaminhadas 10.530 doses, São José vai receber 7.020 doses, já os municípios de Tubarão, Joinville e Blumenau vão receber 4.600 doses cada, totalizando 31.350 doses. Todos esses municípios foram treinados e possuem estrutura física de parceiros como universidades e laboratórios privados com ultracongeladores.

A distribuição para estes municípios começa às 8h desta terça. “O resultado da distribuição do primeiro lote desta vacina somente para Florianópolis e São José foi bem positivo e conseguimos avaliar de perto o manejo necessário para a conservação da temperatura. Por isso, decidimos ampliar a distribuição para outros municípios que já estão aptos para receber esse imunizante”, assinalou o diretor da Dive, João Augusto Brancher Fuck.

As demais, um total de 8.430 doses, serão distribuídas para outros municípios que possuam estrutura para armazenamento e equipes capacitadas para administrar os imunizantes.

A vacina produzida pelo laboratório Pfizer chega a Santa Catarina a uma temperatura de -20ºC. Nessa temperatura, as doses podem ser mantidas por até 14 dias. Antes da aplicação, as doses devem ficar a uma temperatura de 2 a 8 graus por um período de até cinco dias.

As vacinas servirão para dar continuidade à vacinação das pessoas com comorbidades, com a aplicação da primeira dose (D1). A segunda dose (D2) deve ser aplicada com um intervalo de 12 semanas após a primeira dose, conforme orientação do Ministério da Saúde.

Por Amanda Mariano
Bruna Matos
Patrícia Pozzo
NUCOM – Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive) Secretaria de Estado da Saúde

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.