No Oeste de SC foi registrado alagamentos e destelhamemtos, na tarde desta terça-feira

 interior de Palmitos – Foto: Defesa Civil/

Forte chuva isolada assustou moradores em vários pontos de alagamentos que foram registrados nesta tarde de terça-feira (20) em Xanxerê, no Oeste do Estado. Foram quase 40 minutos de chuva intensa, de acordo com moradores.

Os registros da intensa chuva segundo moradores foi perto das 15 horas no Centro do município e em alguns bairros. Em local que são pontos históricos de alagamentos.

Foram quase 40 minutos de chuva intensa, de acordo com moradores.

A Defesa Civil municipal informou que não recebeu nenhuma solicitação de auxílio, até o início da noite desta terça-feira. Já o Corpo de Bombeiros disse que foi acionado para averiguar uma queda de árvore próximo ao hospital da Unoesc.

Em Palmitos, no Extremo-Oeste, a Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros registraram alguns detalhamentos nesta tarde. Apesar dos danos, não houve feridos.

“Atendemos dois detalhamentos de residências no bairro Aurora e na linha Santa Maria Goretti um destelhamento de uma garagem de máquina agrícola. Foram entregues 200 metros de lona”, falou o sargento Roversi, comandante dos Bombeiros Militar de Palmitos.

Segundo o meteorologista Piter Scheuer, o forte calor aliado às altas taxas de umidade relativa do ar (abafamento – instabilidade termodinâmica) são os ingredientes necessários para a formação de células convectivas típicas de primavera favorecendo a ocorrência de pancadas de chuva com trovoadas.

O cenário foi provocado por conta da passagem de chuvas rápidas pelo Oeste de SC e de maneira bem mal distribuída. Muitas cidades, por exemplo Chapecó, não tiveram registro de chuva. Em outras houve temporal isolado.

Com informações ND+

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.