Equipe de mães envia comovente carta ao Educandário agradecendo o esforço dispensado às Famílias dos alunos

A Equipe da China, que participou da Copa Mãezona, em São Joaquim, tendo chegado ao 4º lugar na competição enviou, nesta semana, uma comovente carta ao Educandário Santa Isabel agradecendo o esforço dispensado às Famílias dos alunos:

Veja na integra a Carta: 

 

São Joaquim, 16 de setembro de 2019.

Querida Escola!

Chegamos ao final das Copas Paizão e Mãezona… e nós da SELEÇÃO FEMININA DA CHINA, não poderíamos deixar de registrar e agradecer todo o esforço dispensado às nossas Famílias. Foram dias intensos… vivemos todos os tipos de sentimentos possíveis: amor, gratidão, carinho, ternura, alegria, coragem, orgulho, decepção, medo, saudades da infância e daqueles que já partiram…
Sabemos que um evento dessa magnitude traz inúmeros problemas e preocupações… e que nem todos os envolvidos compreendem a boa intenção em todas as ações! No entanto, acredita-se que seja necessário olharmos e darmos mais importância para o que de bom aconteceu… para todos os sorrisos vistos em todas as fases deste projeto! Talvez, estes aspectos positivos não estejam sendo relatados a vocês. Por isso, esta equipe resolveu contar a nossa trajetória…

A história do nosso time é divertida desde o início, quando ocorreu o sorteio das participantes… era cada olhar de preocupação e incerteza, que não dava para disfarçar… umas faziam piadas, outras davam risadas, outras também se cutucavam e questionavam: “será que essa joga?” O primeiro treino respondeu muitos questionamentos acerca de quem jogava e quem tinha entrado para “fazer o álbum de figurinhas”… apenas uma coisa todas tinham em comum: estavam inscritas pelos filhos!
Com o passar dos treinos, todas foram se empenhando e, com evidência, o resultado aparecia. Todas se superavam positivamente! E isso fez com que o nosso time passasse a ser “amigo de verdade”, pois a cada bola alcançada, a vibração era geral… nesse tempo, também pudemos conhecer um pouquinho da história de vida de cada uma, principalmente das fugas e gazeadas das aulas de educação física. Agora, maduras e seguras de si, ninguém faltava nos treinos… nem naqueles dias em que a temperatura estava abaixo de zero e congelava os carros lá fora… há que se registrar, que a equipe acredita que, nos dias de treino da China, o tio Paulo era o mais faceiro, pois a venda de “uma cervejinha”, era garantida!

Nesses dias, tivemos “quebras” em todos os sentidos… perdemos jogadoras, tivemos contusões em treino e em quadra! Como tudo na vida, nada é só alegria… sentimos profundamente essas dores… mas, nos permitíamos sofrer e ressurgir cada vez mais fortes! Nessas quebras, procuramos entender os sentimentos humanos que rondam uma competição e buscamos aprender com eles, pois acreditamos que é esta a maior virtude do ser humano: refletir e aprender alguma coisa nas “tempestades”!

Nesse tempo, incentivamos e jogamos junto com nossos filhos, ou seja, nos aproximamos deles e servimos de exemplo que é possível se superar… e que ganhar ou perder faz parte do jogo e da vida! E que isso deve servir de “combustível” para se tornar um ser humano melhor em todos os sentidos! Há que se destacar também, que mostramos a eles como foi um pouco das nossas vidas, quando o programa do final de semana era ir para o ginásio viver os grandes eventos desportivos! Ahhhhh… nessa copa paizão e mãezona, deixamos muitos dos nossos programas favoritos para estar lá junto dos nossos!

Quanto ao resultado do campeonato, o que temos a dizer é “que os times se apuravam para passar por nós…” mas, nossa alegria no dia da final, mostrou que nós “nunca perdemos: ou nós ganhávamos ou aprendíamos!”, salvo engano essa é uma frase de Nelson Mandela.
E foi assim, que finalizamos este projeto: Como o time destaque em animação! O site São Joaquim on line foi “muito feliz” quando assim definiu o time da China. Realmente finalizamos com muitos sorrisos, muito barulho, alegria e gratidão por termos vivido momentos tão especiais, por termos conhecido e convivido com aqueles que não eram tão próximos e que tínhamos uma ideia bem equivocada sobre quem são de verdade! E é por tudo isso, que vamos continuar treinando… é por isso que estamos na torcida para que nos seja dada uma segunda chance de continuarmos juntas no mesmo time no próximo ano… pois precisamos “vencer juntas” algumas etapas deste processo que ainda não foram superadas!

Ahhhh…. são tantas as coisas a serem descritas… mas, o que todas nós concluímos é que: “Entramos nesta pelos nossos filhos e permanecemos por nós!”.
Gratidão à escola por despertar em cada um essa “nova vida”!
E que venha o ano de 2020!

Com Gratidão: Família CHINA!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.