Pilotos de Parapente realizam voo surpreendente do oeste até a região de São Joaquim

No ultimo sábado (12), os pilotos Lageanos de parapente “Osmar Santos Junior que é fisioterapeuta em Lages e Maycon Santos que é o atual campeão sul brasileiro de parapente realizaram um voo histórico na Serra catarinense na região de São Joaquim, oscilando entre 1000 e 3500 metros de altitude do nível do mar durante o voo. Por que liberdade não tem preço, ainda mais com a paisagem serrana, e lá de cima, voando com os pássaros, o visual é ainda mais incrível! O Vôo Livre é uma das modalidades de esporte de aventura praticadas no ar, onde o praticante (piloto) utiliza o vento e as correntes de ar ascendentes para manter ou ganhar altitude, podendo asim realizar manobras e voos de curta ou longa duração.

O feito realizado por esta dupla de aventureiros do céu, é raro, onde fizeram um voo de longa duração, do meio oeste catarinense até muito próximo a serra do mar. Favorecidos pelas correntes de vento, haja visto que o plano deles era sair de Tangara próximo a cidade de Videira e chegarem voando na cidade natal dos aventureiros, “Lages”, porém este vôo os surpreendeu, Aos 3.542 metros, neste momento estava bastante frio,e foi o momento que ficaram mais alto, de todas as 04:40 horas de voo, próximo a Lages conseguiram ganhar bastante altura o voo foi rendendo e foram pegando mais correntes de ar quente e chegaram até painel,onde também foi melhorando até chegarem a São Joaquim já desacreditados e conseguiram ainda pegar mais ainda uma térmica que é estás correntes de ar quente e chegaram entre São Joaquim e Bom Jardim da Serra, aterrizaram acompanhados com um deslumbrante pôr de sol no interior de São Joaquim, onde foram recepcionado por uma família incrível, relataram que foi sensacional, pois a ideia de planejamento era chegar em Lages mas, acima das expectativas foi incrível nosso voo.

Foi dias de espera… aguardando esta sintonia entre nós e a condição climática…
E quando conseguimos realizar um vôo longo e seguro como este, aí percebemos que fazemos parte da natureza, e se respeitarmos os limites de segurança, sempre teremos dias como este, relata Osmar Santos Junior.

Foi um sonho realizado para eles sair de Tangara próximo a Videira até a região de São Joaquim,onde voaram de parapente no esporte voo livre . Voar de uma cidade até outra e poder ser recepcionado por pessoas incríveis, pois o pessoal de São Joaquim são muito hospitaleiros a família no sitio São Sebastião na localidade do Cruzeiro, foi incrível onde nos receberam de braços abertos.

Está experiência foi incrível, pois somos de Lages SC e a ideia é perseguir estudos meteorológicos de um dia perfeito para voarmos o mais longe possível ao sabor dos ventos, das termais,porque o parapente fica muito próximo de algumas aves parecidas com urubu que voa nas correntes ascendentes de ar e elas nos levam de nuvem em nuvem e o vento também favorece nossa velocidade que vamos andando junto a ele.

Ambos são atletas da seleção Catarinense da parapente, atualmente competimos campeonatos do estado e do Brasil.

Eles voam na principal categoria chamada open Pró, estão entre os 30 melhores pilotos do País.

A recepção na casa do casal que os recebeu após aterrizarem na localidade do Cruzeiro em São Joaquim.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.